Uma notícia triste por vários motivos. Em primeiro lugar porque se perdeu uma vida. Depois porque vai gerar muita conversa em torno do tema dos carros com sistemas de condução autónoma – e conversa negativa, entenda-se. Um norte-americano morreu ao volante de um Tesla Model S quando usava o modo Autopilot. Numa publicação oficial a Tesla já tomou uma posição que na prática lembra que este é um modo de condução que está em versão beta e que não liberta o condutor das suas responsabilidades. Ainda não é certo o que poderá acontecer daqui para a frente, mas um endurecimento das regras relacionadas com os carros de condução autónoma será um cenário certamente proposto pelos mais descrentes. Mas talvez a melhor estratégia seja outra: colocar mais carros autónomos na estrada para que a tecnologia possa evoluir finalmente a grande velocidade.

Boa sexta-feira.

Condutor morre ao volante de um Tesla em modo de condução autónoma: Um norte-americano morreu vítima de um acidente rodoviário quando o veículo estava em modo de ‘piloto automático’. O carro envolvido num acidente foi um Tesla Model S. A empresa já reportou o acidente às autoridades e o diretor executivo da Tesla, Elon Musk, lamentou nas redes sociais a morte do condutor e deixou as suas condolências aos familiares.
Fonte: The Verge

Android ‘Nougat’, a versão que se segue: Quem acompanha o FUTURE BEHIND no Twitter ou no Instagram ficou a saber da novidade logo na altura, mas aqui fica para a restante comunidade – a nova versão do Android já tem nome. Até aqui denominada ‘N’, acabou por receber a designação de Nougat, um snack doce com frutos secos. Fica assim conhecida a ‘sobremesa’ sucessora do Android ‘Marshmallow’.
Fonte: Android Central



Spotify acusa Apple de não aprovar nova versão da aplicação: O ambiente entre as duas empresas tem estado ‘quentinho’ sobretudo sabendo que o Spotify não para de crescer, mas a Apple com o Apple Music também tem tido uma evolução interessante. Agora o Spotify diz que uma nova versão da sua aplicação não foi aceite pela Apple por motivos concorrenciais. Já a Apple alega que a aplicação precisa de reformulações para corresponder às novas exigências do sistema de pagamentos.
Fonte: Recode

Diga adeus ao Facebook Paper: Lançada em 2014, a aplicação dedicada para o consumo de notícias publicadas na rede social já desapareceu das lojas de aplicações. A partir do dia 29 de julho terá o suporte oficial descontinuado. A aplicação destacou-se na altura pelo design alternativo e pelo maior foco nos conteúdos. Algumas ideias acabaram por ser aplicadas a outros produtos, como os Instant Articles.
Fonte: TechCrunch

Wreck-it Ralph tem regresso marcado para 2018: O filme da Disney que trouxe o mundo dos videojogos e algumas personagens icónicas até ao cinema vai regressar. Ainda não foram revelados muitos pormenores, mas já se sabe que o filme vai além do formato de arcada e vai explorar também o mundo da Internet – quem sabe da jogabilidade online.
Fonte: VentureBeat