A HTC tem feito uma aposta muito grande no segmento da realidade virtual e que tem passado sobretudo por parcerias e programas que vão muito além do desenvolvimento de videojogos. Um desses programas é o HTC Vive X, uma aceleradora de startups para o segmento da realidade virtual.

De acordo com a publicação Upload VR já são 33 as empresas que fazem parte do programa de aceleração da tecnológica de Taiwan. São conhecidos 23 nomes, com outras 10 empresas a contarem com apoio, mas cujos nomes não foram revelados.



Estas 33 empresas vão receber investimento direto da HTC Vive que disponibilizou um total de 100 milhões de dólares para acelerar novos projetos de realidade virtual. O objetivo é que nos próximos quatro meses estas startups tenham um produto que esteja pronto para chegar ao mercado.

Houve um total de 1.200 inscrições para o programa de aceleração da HTC que vai decorrer em quatro cidades: Pequim, na China, São Francisco, nos EUA, Taipei, em Taiwan, e Shenzhen, também na China.

Estima-se que já tenham sido vendidas perto de 100 mil unidades dos HTC Vive

Além da escolha das primeiras startups para o programa HTC Vive X, a tecnológica anunciou também a entrada de oito novas entidades no fundo de investimento Virtual Reality Venture Capital Alliance (VRVCA), que também está a liderar.

Com as novas adições a capacidade total de investimento deste grupo sobe de dez mil milhões de dólares para doze mil milhões.

Sem mais artigos