Captain ToadTreasure Tracker, originalmente lançado para a Wii U em 2015, chegou agora em simultâneo à Nintendo Switch e 3DS. Neste título, o principal objetivo é ajudar Toad a encontrar a estrela em cada um dos níveis, o pequeno ajudante da princesa Peach assume aqui papel de protagonista e vai ter que enfrentar múltiplos inimigos com a nossa ajuda para chegar ao seu objetivo.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A cada página uma nova aventura

story mode do jogo está dividido em três episódios principais, representados por livros com cenários diferentes. Cada um destes livros está dividido em vários níveis, aqui representados por páginas. Segundo o site oficial da Nintendo os níveis de Captain ToadTreasure Tracker são inspirados nos Box Gardens Japoneses, pequenos jardins decorativos construídos em caixas. Em cada um destes níveis o principal objetivo é chegar à estrela para que assim possamos progredir no jogo mas até lá é preciso enfrentar diferentes inimigos, ter atenção a algumas armadilhas e ter os olhos abertos (e a câmera a rodar) para que possamos encontrar cada um dos três diamantes presentes em cada nível e as moedas espalhadas por cada um dos mapas tridimensionais.

Os diamantes encontrados vão sendo acumulados e serão necessários para desbloquear o progresso do jogo, mas não se preocupe pois caso não tenha os diamantes necessários para desbloquear os níveis seguintes pode sempre voltar atrás e procurar os diamantes que deixou esquecidos nos níveis já explorados.

À medida que cada página vai sendo virada vamos encontrando novos níveis, e como eles novos objetivos. Se pensa que os objetivos se ficam por encontrar a estrela e os diamantes está muito enganado. Recolher um determinado número de moedas, derrotar todos os inimigos, encontrar um cogumelo dourado ou mesmo não ser visto pelos inimigos são algumas das tarefas secundárias que terá que cumprir se quiser completar os 100% do jogo. Tudo isto faz com que Captain ToadTreasure Tracker seja um título bastante completo.

 

 Mecânica bem afinada

Este título pode ter sido adicionado ao catálogo da Nintendo em 2015 mas a verdade é que o port para as atuais consolas da Nintendo está bastante bem conseguido. Ao longo do jogo vamos encontrando novos obstáculos e novas formas de interagir com os mesmos. A personagem será sempre controlada pelo analógico esquerdo e a câmera é rodada com o analógico direito, ou com o c-stick no caso da Nintendo 2DS. A possibilidade de rodar a câmera em 360º facilita muito a vida da nossa personagem, porque só assim conseguimos ver todas as áreas exploráveis do mapa, conseguindo assim encontrar todos os tesouros escondidos e evitar algumas armadilhas mais traiçoeiras. Se ao início este rodar de câmera pode parecer um pouco estranho, posso garantir que passado dois ou três níveis esta mecânica torna-se bastante natural e fácil de controlar.

Tanto na Nintendo Switch como na Nintendo 2DS (ambas as consolas onde analisamos o jogo) o ecrã tátil é um companheiro bastante útil. É com o ecrã tátil que conseguimos mover plataformas, apanhar alguns objetos ou até mesmo atordoar os adversários mais persistentes. Não fosse isto e o segundo ecrã da Nintendo 2DS tornava-se um pouco inútil dado que mostra exatamente a mesma imagem que no ecrã superior, acrescentando apenas informação sobre o número de diamantes ou moedas que já conseguimos encontrar bem como o número de vidas que ainda temos.

Importa referir que o port para a Nintendo 3DS / 2DS está muito bem conseguido e em nada sentimos falta da resolução HD. Com a sua resolução de 400×240 o nível de detalhe presente é fantástico para uma consola com um ecrã de dimensão reduzida.

Considerações finais

Captain Toad: Treasure Tracker é um jogo de plataformas 3D com puzzles pelo caminho, embora o nível de dificuldade não seja muito elevado também não é demasiado fácil. Consideramos que este tipo de jogo seja ideal para jogar no modo portátil da Nintendo Switch ou mesmo nas consolas mais portáteis da Nintendo, a gama DS. Qualquer viagem de comboio a caminho do trabalho é uma boa oportunidade para ligar a sua consola e assim virar mais uma página na aventura de Toad.

O jogo, que está disponível para Nintendo Switch e para a gama DS da Nintendo, tem um demo disponível caso queira perceber melhor como funciona a mecânica deste título antes de avançar para a compra, se decidir ajudar Toad a encontrar o seu tesouro não se vai arrepender. Importa referir que se já jogou este título na velhinha Nintendo Wii U não vai encontrar muitas novidades para além da possibilidade de jogar em co-op. Existem outras pequenas novidades, mas essas vamos deixar para descobrirem por vossa conta.

 

N.R.:  Captain Toad: Treasure Tracker foi analisado com uma cópia do jogo disponibilizada pela Nintendo Portugal. O jogo foi analisado em Nintendo Switch e Nintendo 2DS.

 

 

Captain Toad: Treasure Tracker
Mecânica de jogo bem desenvolvidaBom valor para o que ofereceMais de 70 níveis para explorar
Jogo relativamente curtoTodos os episódios com a mesma estrutura.Cursor sempre presente no modo docked do jogo
8EM 10
Votação do Leitor 1 Voto
8.5
Sem mais artigos