O mercado dos smartphones tem vindo a evoluir muito na última década e hoje em dia podemos dizer que existem aparelhos para todos os gostos, necessidades e carteiras.

Na verdade, nem todos precisamos ou queremos smartphones bonitos, leves e com o melhor ecrã do mercado. Por vezes, ou porque temos profissões mais arriscadas ou mesmo hobbies mais radicais, procuramos equipamentos que nos permitam desempenhar essas tarefas com confiança e não que nos impeçam de realizar as nossas atividades favoritas com medo de destruir o nosso querido (e, por vezes, caro!) telemóvel.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

É precisamente neste segmento que a já conhecida fabricante de equipamentos de construção, Caterpillar, apostou e lançou o CAT S31, um smartphone à prova de poeiras e água, ideal para qualquer ambiente.

 

Design compacto

Não sendo um dispositivo fabricado para massas, o S31 é, acima de tudo, uma ferramenta de trabalho. Tivemos a oportunidade de fazer o unboxing deste smartphone e, dentro da caixa, pudemos encontrar, para além do telemóvel, um cabo de carregamento microUSB e respetiva ficha europeia, e um par de earbuds.

Apesar do seu aspeto mais volumoso, quase como se tivesse uma capa de proteção já de origem, é um smartphone bastante leve (pesa 200g) e compacto, que facilmente se carrega no bolso das jeans ou numa bolsa de cintura.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O seu corpo em borracha dotado de ondulações e as suas linhas curvadas conferem uma boa aderência na mão e tornam-no bastante fácil de segurar. Todas as entradas estão vedadas por peças de borracha para melhor isolar e proteger as entradas para headphone jack, microUSB e para os cartões SIM (este smartphone é dual sim) e microSD.  

O CAT S31 tem três botões físicos frontais: para retroceder, para o home e para multitasking, respetivamente e, nas laterais, apresenta quatro botões, entre os quais o de ligar/desligar, ajuste do som e um botão personalizável, o qual podemos definir, por exemplo, para abrir determinada aplicação ou até mesmo para facilmente atender chamadas.

Resistente a quase tudo

Como já seria esperado de um smartphone deste calibre, o CAT S31 tem a certificação IP68, aguentando debaixo de água, durante 35 minutos até um máximo de 1,2m de profundidade e a sua tecnologia “wet finger” permite-nos utilizar o touch do ecrã mesmo tendo as mãos molhadas.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Também à prova de quedas, a CAT defende que este smartphone aguenta, sem qualquer dano, quedas até 1,8m. Colocámos o S31 à prova por duas vezes: uma queda casual, a uma altura de 1m no interior e uma queda propositada de 1,8m em pedra da calçada. Em ambas as situações, o S31 sobreviveu intacto e passou o teste com distinção, sem qualquer risco quer no ecrã quer no corpo.

Bateria recheada

Com um ecrã de 4.7’’, protegido por Corning Gorilla Glass 3 e com 720×1280, o S31 é grande o suficiente para realizarmos facilmente todas as tarefas quotidianas, como enviar um SMS, um e-mail, ir ao Facebook ou navegar na Internet. O contraste e brilho são bons o suficiente, ao ponto de não perdermos visibilidade mesmo com um sol radiante a bater no ecrã.

A nível de performance o processador quad-core Snapdragon 210, utilizado pela grande maioria de smartphones da gama budget, tem as suas limitações. Se estamos habituados a smartphones de gama alta, como um iPhone XS ou o Samsung S9, iremos notar bastantes diferenças ao nível da fluidez. Durante o teste, houve algumas situações em que por termos quatro ou cinco aplicações abertas, o S31 ficava lento obrigando-nos a fechar as aplicações que corriam em background. No entanto, se se perguntam se este smartphone corre jogos, podemos dizer que sim. O Asphalt 8 e o Oddmar foram alguns dos jogos que testámos e responderam bastante bem, embora não seja um smartphone para gaming.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O S31 tem 2GB de RAM e 16GB de armazenamento, extensível até 64GB através de um microSD dedicado. Esta opção acaba por ser bastante importante, pois durante o período de teste instalamos praticamente todas as aplicações que utilizamos diariamente (cerca de 50 aplicações) e sobraram apenas 2GB de armazenamento para media.

Este smartphone corre o Android 7.0 Nougat, sem qualquer espécie de bloatware. A CAT adicionou apenas algumas aplicações próprias, mas com o objetivo de servirem como atalhos para conteúdo online. Uma das suas aplicações, a App Toolbox, abre uma página de aplicações que serão, com certeza, bastante úteis ao público ao qual se destina este smartphone, como calculadoras especializadas e outras aplicações de produtividade para construção civil.

A bateria de 4000 mAh durou-nos um dia inteiro com uma utilização normal de aplicações mas bastante intensiva das câmaras. Entre as 8h e as 19h consumiu 60% da bateria, sendo que os restantes 40% ainda dariam para uma utilização de cerca de 7 horas. Se a utilização do S31 for meramente casual, a bateria poderá durar até dois dias.

Câmaras

Tivemos a oportunidade de testar as câmaras de forma bastante intensiva. Com um ambiente luminoso, tanto a câmara traseira de 8MP, como a frontal de 2MP oferecem resultados bastante positivos. No entanto, em ambientes fechados e mal iluminados ou de noite, apenas conseguimos fotografias com pouca definição, exposição e muito ruído, ainda que possamos ajustar o ISO ou a exposição diretamente do software.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Claro que num smartphone para uso normal, isto talvez fosse um deal breaker. Contudo, estamos perante um equipamento de trabalho, com um objetivo muito específico, que não é o de tirar as melhores fotografias do mercado.

O S31 oferece também a possibilidade de tirar fotos panorâmicas e grava vídeo em 720p a 30fps.

Considerações Finais

Reforçando a ideia de que não é um smartphone para todos, o S31 é um equipamento bastante completo. Se forem mecânicos, construtores civis ou simplesmente adorarem acelerar na vossa mota ao fim de semana e não se querem preocupar se deixam cair o telemóvel no chão ou numa poça de lama, esta poderá ser uma excelente opção.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A CAT dispensa de apresentações e sabe bem quem é o seu público-alvo e o que procura, por isso dotou o seu S31 de tudo o que é essencial, desde a sua enorme bateria até aplicações próprias para trabalho. Se o vosso uso diário passa por e-mail, chamadas, SMS e redes sociais, sempre num ambiente de trabalho ou lazer hostil, o S31 vai ser um bom companheiro.

N.R.: A análise ao CAT S31 foi realizada com acesso a um equipamento gentilmente disponibilizado pelo representante da marca em Portugal.

CAT S31
Resistente a quase tudoBateria de 4000 mAhCompacto
Processador fracoCâmaras poderiam ter melhor qualidade
7.5EM 10
Votação do Leitor 0 Votos
0.0
Sem mais artigos