Das mãos da Bandai Namco Entertainment têm surgindo ao longo dos anos vários jogos de nomes que nos encantaram noutras épocas em formato de desenho animado. Muitas vezes sob a fórmula de tentativa erro, ao tentar induzir uma experiência videojogavel diferente do que seria suposto com os mesmos universos de franquias icónicas, é certo que nem sempre é possível acertar à primeira, mas de uma maneira genérica, as propostas que geralmente a Bandai Namco Entertainment tem oferecido, em termos de estilo e género de jogo, tem conseguido acertar nas propostas apresentadas, contudo, o que por vezes tende a falhar, é simplesmente a experiência que cada título é capaz de oferecer, tal assim tem demonstrado a critica especializada.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Lançado originalmente no ano passado para a Nintendo Switch e Computadores, Doraemon Story of Seasons chega agora à PlayStation 4. O gato robô azul, que se destacou inicialmente em banda desenhada e em animação japonesa, é ainda hoje um nome incontornável na cultura japonesa. Em Portugal as jornadas de Doraemon e Nobita ficaram conhecidas sobretudo pela dobragem em espanhol.

Nesta nova proposta de revitalizar o nome de Doraemon em formato videojogavel, a Bandai Namco Entertainment traz para o mercado uma experiência em que combina uma espécie de simulador, com uma aventura de partilha e amizade. Com uma estrutura um pouco similar a títulos como Stardew Valley, Harvest Moon ou até mesmo com Animal Crossing, onde cada personagem possui vida própria, reagindo com o horário de cada dia do jogo.

Uma experiência que tenta envolver tudo e todos  

Doraemon Story of Seasons traz um pouco de tudo, onde leva a que o jogador tenha de orientar a sua dedicação para interação com os outros habitantes, conforme vai explorando os vários espaços de Natura, onde terá também de partilhar um pouco do seu tempo à vida rural. Dentro desta atmosfera, que decorre para muita infelicidade de quem procura um jogo dinâmico, pouco dado a instruções e que dê liberdade ao jogador de errar e a aprender com os seus próprios erros, Nobita será a peça central onde terá de interagir com regularidade com os seus amigos, cada um com um papel também bastante importante para a construção da narrativa, muitas vezes com situações hilariantes e por vezes em momentos mais sérios.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A história apesar de tudo é bastante simples e toda a experiência é dada por completo a quem não procura enredos complexos, sendo perfeitamente indicado ao público mais jovem, onde a violência é praticamente inexistente. Nobita, coprotagonista da série, ao semear uma semente mística, leva que o seu grupo de amigos a sejam conduzidos para um local desconhecido, levando a que Doraemon ficasse sem acesso às suas engenhocas que geralmente costumam salvar o dia. Dentro este novo mundo, Nobita e os seus amigos, tentam arranjar uma nova forma de regressarem ao seu mundo, enquanto vão ajudando nas tarefas diárias do dia a dia de Natura.

Ir vivendo de forma relaxante com o jogo

Posto isto, Doraemon Story of Seasons é um simulador com tempos lentos, e em formato pouco exigente, ideal para jogadores com pouca andança em jogos do mesmo género. Nobita terá de revitalizar uma quinta, cuidar dos animais, semear, regar, partir pedras e cortar árvores e enriquecer também. Dentro dessas rotinas, haverá espaço também para colecionar, para trocar itens com os outros habitantes, mas haverá sempre a ter em conta a barra de energia que se vai gastando a cada ação feita por Nobita, e que uma das formas mais eficazes de a recuperar, passa essencialmente por dormir.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Visualmente Doraemon Story of Seasons é belíssimo, com um estilo gráfico maravilhoso, com um mapa vasto e com muita vida dentro dele recheado de cor. A envolvência do dia a dia, as músicas melodiosas e todo o ambiente em redor da experiência, faz com que o jogador relaxe, porém, é um jogo bastante lento na forma como vai progredindo, não sendo de todo indicado para quem procura evoluir rapidamente, ou enriquecer ao ponto de fazer autênticos monopólios. Doraemon Story of Seasons é para se ir vivendo, e o jogo deixa isso bem claro desde o início.

Considerações Finais

Doraemon Story of Seasons traz um pouco daquilo que foi a série com uma história simples, personagens com temperamentos bem vincados, e um mundo tranquilo onde a fantasia tresanda. Não é um simulador que cresça rápido, pois é bastante lento, pausado e para se ir vivendo com o próprio evoluir do jogo, porém, esse ritmo imposto pelo próprio título, poderá afastar desde logo os jogadores que não estejam interessados num conjunto de simulação com narrativa de progresso demorado.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Visualmente, porém, é um dos jogos mais bonitos dentro do género, tecnicamente bastante equilibrado e sem falhas de maior em termos de desempenho. As atividades que o jogo oferece são capazes de entreter quem apreciar o ritmo que o jogo vai impondo, portanto, apesar da singularidade do progresso demorado, poderá a ser um jogo a ter em conta aos amantes do género.

nota 3

Clica na imagem para mais informação sobre as nossas classificações

+ Visualmente é um dos jogos mais bonitos do género

+ Atividades e interação com as personagens do jogo

– Narrativa ingénua e simples

– Demasiado interventivo nas instruções

– Progressão lenta

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

N.R.: A análise a Doraemon Story of Seasons foi realizada numa Playstation 4 com acesso a uma cópia do jogo, gentilmente disponibilizada pela Bandai Namco Entertainment

Sem mais artigos