Mi9Se durante o ano passado já tinha jogado PES 2019 agora a verdade é que o novo título de futebol da Konami, renomeado de eFootball Pes 2020, conseguiu cativar-me devido às melhorias presentes na jogabilidade e também à qualidade gráfica apresentada pelo simulador de futebol. Mas claro que a Konami ainda tem trabalho para fazer e eFootball PES 2020 pode melhorar ainda mais.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Antes de comecarem a ler a análise já todos, ou quase todos, sabem o que é, mas aqui vai: eFootball Pes 2020 é  o mais recente título da franquia Pro Evolution Soccer. Disponível para PlayStation 4, Xbox One e Windows PC. Este ano o título apresenta melhoria a nível gráfico e grandes alterações no principal modo offline: Master League.

O jogo está ainda mais simulador, com uma movimentação mais real… mais cadenciada. Na verdade, o que transparece para quem joga são os movimentos dos jogadores, estes apresentam um nível de realismo impressionante. Uma das primeiras coisas que notei ao começar esta análise foi que a Konami teve um movimento bastante inteligente ao trazer a estrela de futebol, Iniesta, como consultor… Isto fez com ao ouvir um dos mestres do desporto rei, a Konami conseguisse captar as movimentações reais dos jogadores com bola e sem bola, esse passo da Konami é de louvar.

E se és adepto de futebol e de videojogos sobre futebol, mas achas que a franquia Pro Evolution Soccer  tem uma jogabilidade muito lenta, deixo aqui a dica. Existem opções para aumentar a velocidade original nas definições do jogo. Isto pode ajudar a combater a vossa sede por velocidade.

Inovação

Um dos aspetos inovadores trazido para este eFootball PES 2020 é o contacto físico entre os jogadores, os lances divididos ficam mais realistas, com ressaltos de bola que anteriormente iam sempre ter com um jogador, nosso ou do CPU, mas que agora tendem a ir para locais onde pode não estar qualquer jogador, replicando assim o que acontece numa verdadeira partida de futebol.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A Konami optou por voltar com um jogo que quer ser distinguido como “o simulador” de futebol. Basta ver as opções táticas, e comportamentos que podem ser preparados nas  mesmas. Como, por exemplo, a formação fluida, isso mesmo, temos a hipótese de atacar em 4x3x3 e defender em 4x4x2, dando possibilidade de passarmos para a equipa o nosso modo de ver futebol, a nossa realidade futebolística.

Em termos atacantes e nos níveis mais elevados do jogo, os jogadores que estão na defesa fecham o espaço, fazendo com que seja necessário preparar bem o ataque, trocar bem a bola, na tentativa de ganhar espaço na ala, ou no meio, com um bom jogo interior de forma a conseguirmos ter oportunidades de golo. Isto demonstra que existiu um ótimo trabalho no desenvolvimento da inteligência artificial por parte da Konami para este novo título da série PES.

A física da bola: eFootball PES 2020 continua a evoluir, acho mesmo que só será possível dar outro passo na nova geração das consolas, pois estas terão um poder de processamento muito superior o que vai permitir “brincar” com a física neste tipo de jogos.

O passe: eFootball PES 2020 requer agora uma precisão maior na hora de direcionar a bola para o colega de equipa, ou seja, parece mais manual do que um passe com script. Tornando as coisas mais difíceis mas também mais interessantes… Somos nós, e a nossas habilidade, que decidimos o jogo!

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O remate: É notório que, em eFootball PES 2020, os jogadores com melhor remate têm efetivamente mais sucesso no mesmo. Mas, melhor ainda, se o remate for feito com o pé fraco, o resultado não é o desejado.

O Drible: Em eFootball PES 2020 o sistema mudou. Posso não ser o maior especialista na arte do drible, mas é percetível que este modo está mais intuitivo. Agora o segredo é o analógico direito,  é possível fintar o adversário usando apenas o analógico, o que facilita as jogadas individuais e dá outra beleza á partida. Uma das dicas que vos posso dar para ajudar no drible é que o coloquem em manual, vai ajudar-vos a melhor perceberem o sistema criado pela Konami.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Guarda-redes ou Ninja? Não dá para passar despercebido ao burburinho das redes sociais e às criticas que tem sido feitas ao facto dos guarda-redes parecerem verdadeiros Ninjas com os seu saltos. Na minha experiência com eFootball PES 2020 tenho que apontar que em penáltis os guarda-redes saltam de mais, já em jogo corrido existem defesas fabulosas, com as mãos e sobretudo com os pés, com tempos de reações incríveis.

Nova câmera – Estádio

Estava com algum receio desta nova câmera, pois normalmente uso a standard, mas, na verdade após habituação a nova câmera consegue trazer para o jogo maior imersão, o que por sua vez traz maior realismo. Imaginem  uma transmissão de TV, com uma imagem mais ampla do jogo, além de um foco maior em certas jogadas individuais, é isto mesmo que é a nova câmera estádio.

Obviamente que para alguns pode parecer confuso jogar assim, mas mais uma vez tenho que salientar que eFootball PES 2020, como nos tem habituado, tem varias definições que podem ser alteradas. Aliás, uma das grandes vantagens do título da Konami e mesmo a da personalização possível, mas já lá vamos.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Ainda sobre a nova câmera, e também no modo online, é notório que melhorou bastante. Isto nota-se principalmente em relação ao contra-ataque, onde a câmera nem sempre era rápida o suficiente para acompanhar uma jogada com a bola colocada rapidamente na frente. Na versão final do jogo a Konami apresentou melhoramentos para que a câmera apresente melhores resultados… Resultados esses que levarão esta câmera para o palco dos ESports.

E os gráficos? São puro amor! 

O trabalho da equipa de desenvolvimento é impressionante, o jogo consegue recriar pequenos detalhes reais que nos transportam como por magia para  uma partida de futebol. São tantos os exemplos que tenho receio de me esquecer de algum deles, mas vamos por partes:

Caras dos jogadores cada vez mais realistas e com mais detalhes – A Konami teve um trabalho fantástico ao passar as caras dos jogadores para o novo título. E ao contrário de outras versões, onde apenas os grandes astros eram privilegiados, em eFootball PES 2020 o número aumento e de que maneira. Dando como exemplo o Flamengo de Jorge Jesus, é fantástico o nível de detalhe onde até as tatuagens são representadas até ao menor dos detalhes.

Os estádios – Claro que, como adepto do Sporting Clube de Portugal, ter o Estádio José de Alvalade representado desta forma é algo fantástico, poder ter o ambiente que tantas vezes vivi ali, na minha sala através de um videojogo. Só peca por ser o único estádio português no jogo, talvez no futuro a Konami olhe de outra forma para o nosso campeonato e para os nossos estádios.

A nível internacional, tenho que destacar o estádio do Vasco da Gama, o São Januário, onde a luz está perfeita. No entanto, este grande trabalho de iluminação é visível em todos os estádios, principalmente se o jogo for de dia onde, não me canso de dizer, fica impressionante.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

É igualmente neste capitulo, os estádios, que tenho que apontar um dos aspetos negativos de eFootball PES 2020, pois mesmo com uma boa variedade de estádios, continuam a ser poucos. Aqui o título da EA Sports continua a apresentar melhores resultados. A Konami deveria apostar mais neste aspeto, pois jogar num estádio real é mais imersivo, dando outra sensação, outro gosto pelo jogo.

O ambiente – As animações que mostram a entrada em campo dão imersão ao jogo, transmitindo a sensação de estarmos num clima de festa, a festa do futebol. Embora existam jogos com entradas em campo mais estandardizadas, nos grandes clássicos e derbies a entrada em campo, as coreografias nas bancadas conseguem mesmo estar muito boas. Experimentem um jogo entre o Boca Juniores e o Grémio, e vão ver do que estou a falar.

Brasileirão!

Quem me conhece sabe que sou apaixonado pelo futebol Brasileiro e já percebi que a Konami percebeu, e bem, o alcance que o jogo pode ter na América do Sul, mais concretamente no Brasil.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Conseguir ter a licenças para as competições brasileiras, e os seus jogadores, já é um feito enorme. Mas para além disso a Konami conseguiu vários estádios brasileiros, os mais emblemáticos, o que confere a quem for jogar, por exemplo, a Master League com um clube Brasileiro uma oportunidade praticamente de jogar a maior parte dos jogos em estádios reais.

A nova Master League

Foi o modo de jogo que mais me impressionou, também por ser o que mais gosto de jogar no meu dia a dia. A Konami apostou forte num modo de jogo que, de certa forma, já se encontrava adormecido tendo dado um passo em frente dado que muitos dos fãs da franquia apareceram devido a este modo.

Estando na hora de chamar os “velhos” jogadores de volta a Pro Evolution Soccer qual seria a melhor forma de o fazer? A ouvir os fãs, pois está claro!

E a Konami ouviu. As novidades da Master League são muitas:

  • Para começar novo menu, mais bonito, mais simples e com vista para o essencial, com notícias fantásticas e fotos de jogos e comentários aos jogos seguintes.
  • Inclusão de Lendas do passado como, Romário, Bebeto, Zico, Roberto Carlos, Maradona, entre outros.
  • A possibilidade começar a carreira com um dos personagens do futebol mundial acima referidos ou escolher uma cara para o nosso jogador dentro das opções disponíveis.
  • As cut scenes! Agora há inúmeras animações para mostrar conversas com diretores, conferências de imprensa, decisões sobre a saída de um jogador insatisfeito, etc. Aqui tenho que destacar as animações do início de temporada. A verdade é que o modo consegue cativar logo, quem não gostaria de ser recebido no seu clube pelo capitão da equipa?

Continuando com as novidades…

  • Realismo na compra e venda de jogadores. Nem todos querem vir para o nosso clube e mesmo depois de crescermos em reputação, conquistado alguns títulos, muitos dos craques famosos recusam a fazer a transferência, mesmo com uma boa proposta, as vezes só mesmo num grande clube europeu é possível contratar esses jogadores. As definições podem ser alteradas de forma a facilitar as transferências.
  • Objetivos, estes são colocados e discutidos inicialmente e o que decidirem prometer vão ter que cumprir, querem um exemplo? Prometi na época que estou a fazer com o Sporting CP, praticar um futebol bonito. No primeiro jogo da época, e apesar da vitória por 1-0, a direção comentou o jogo com uma mensagem onde podia ler algo como: “Jogamos mal, jogo foi fraco, temos que melhorar”.
  • Por fim importa referir que mudaram vários fatores de forma a tornar tudo mais real, mais emotivo, mais realista.

My Club e Match Day

O modo MyClub, que parece nunca querer competir com o Ultimate Team de FIFA, foi o que recebeu menos atualizações este ano. Embora tenha tido prazer ao construir a minha própria equipa parece que nada mudou… continua tudo tão igual, sendo que as grandes alterações foram a ficha técnica dos jogadores e a opção de utilizar uniformes personalizados.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

É notório que a Konami precisa de dar um toque novo a MyClub, apesar de este ano o novo modo o Match Day contar para ganharmos pontos para o MyClub, é necessário algo mais. O que é o Match Day? O Match Day é uma ideia bem engraçada da Konami onde vamos poder fazer jogos reais com outros usuários. Os jogos serão sempre representações dos grandes encontros que estão a acontecer no mundo real, onde temos que escolher a nossa equipa e em caso de vitória ganhamos pontos para ajudar o nosso clube a subir no ranking mundial.

Considerações Finais

Este eFootball PES 2020 conseguiu fazer com que tivesse vontade de jogar futebol novamente nos videojogos. A jogabilidade foi melhorada, mais solta, com melhor física dos jogadores quer no contato quer nos movimentos com e sem bola. Além de tudo a jogabilidade é mais cadenciada e real, com um sistema mais completo de passes, e remates muito bons.

Por fim o trabalho gráfico faz com que o jogo seja muito bonito, chegando a um nível nunca antes visto… Quer na luz apresentada nos estádios, no ambiente ou mesmo nos detalhes apresentados na reconstrução das caras dos jogadores.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

eFootball PES 2020 já se encontra disponível para Xbox One, PlayStation 4 e Windows PC. Se já estão a jogar contem-nos se estão a gostar, através da caixa de cometários. Ficamos à espera dos vossos comentários.

 

N.R.: A análise a eFootball PES 2020 foi realizada numa PlayStation 4 com acesso a uma cópia do jogo, gentilmente cedida pela EcoPlay.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Banner Patreon Future Behind

N.R.: Agora que já desceram até aqui temos uma surpresa para quem nos lé, principalmente se forem adeptos do Sporting Clube de Portugal (que nos desculpem adeptos de outros clubes).

O João Castro começou, na brincadeira, a desenhar equipamentos Retro para o clube que apoia, o Sporting CP. Com a brincadeira, apareceram equipamentos que foram sendo partilhados nas redes sociais do próprio e do FUTURE BEHIND, agora está na altura de tornar esses equipamentos disponíveis para quem nos está a ler.

Representação do equipamento alternativo época 1999/2000 – Download (João Castro / Daniel Silva)

Representação do equipamento Hummel brancoDownload (João Castro)

Representação do equipamento Le Coq Sportif brancoDownload (João Castro)

Representação do equipamento AdidasDownload (João Castro)

Esperamos que tenham gostado desta surpresa. Colocar os equipamentos no jogo é simples: Coloquem a imagem num dispositivo de armazenamento externo; importem a imagem para a PlayStation 4 ou PC; no menu editar (dentro do jogo), através da opção “equipamentos”, podem adicionar a imagem. Alguma dúvida, estamos aqui!

eFootball PES 2020 - A magia do futebol está de volta
Trabalho gráfico de topoPossibilidade de personalizar quase tudo dentro do jogoEuro 2020Ambiente nos estádios
Poucos estádiosModo de jogo MyClub mal foi mexido
4.8Valor Total
Votação do Leitor 8 Votos
Sem mais artigos