LG Gram

Análise LG Gram 17″ Ultraleve

No mundo dos computadores portáteis, o mais importante para muitos de nós é como se conseguem inserir na rotina do dia a dia, a facilidade de uso e claro, a produtividade. O novo portátil da LG aposta na versatilidade, aquele “ultraleve” não está no nome – LG Gram 17″ Ultraleve –  só porque sim. É capaz de ser o portátil de 17” mais leve que alguma vez pegamos, com apenas 1,3kg.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Logo a primeira impressão é mesmo o quão leve é e o material de que é feito. Após uma pequena e rápida pesquisa, aprendemos que é feito de metal fabricado em liga de magnésio, também utilizado em aeronaves. Quase que deu vontade de fazer testes de queda! (Relaxem, não fizemos!)

Após ultrapassar a vontade de testar a sua resistência, ao abrir o LG Gram pela primeira vez, somos apresentados com um teclado robusto, com teclado numérico de lado, e um trackpad muito confortável de usar. Ao iniciar o Windows descobrimos que podemos fazer login com a nossa impressão digital, estando o leitor localizado no botão de ligar e desligar, que funciona na perfeição e leva-nos para o ambiente de trabalho em segundos.

O ecrã

Com um painel IPS e um ecrã de 17” polegadas, começamos logo em grande (literalmente). Para quem não sabe, um painel IPS proporciona uma imagem nítida, sem distorção de cores a qualquer ângulo que se visualize o ecrã. Isto faz com que este portátil seja perfeito para visualizar conteúdo com outras pessoas sem ter que estar sempre a virar o PC, ótimo para pequenas reuniões por exemplo, e também para aqueles dias que se quer ver filmes sem sair da cama.

Em termos de resolução o LG Gram chega aos 1600p (2560 x 1600), também chamada de WQXGA, permitindo realizar várias tarefas em ecrã ao mesmo tempo sem perder detalhe, mantendo uma boa legibilidade e aumentando assim a produtividade. A imagem apresenta-se bastante nítida, usufruindo de conteúdo 4K ainda que não na resolução total. Seja para edição de imagem, vídeo, ou produção musical, há bastante espaço visível no ecrã para trabalhar. 

A 10ª geração da Intel

Graças a este processador de 10ª geração, juntamente com a placa gráfica Intel Iris Plus, edição de vídeo e imagem serão bastante fluidos, com 16GB de RAM para tornar tudo muito mais confortável e dar espaço à criatividade. Não tendo uma placa gráfica como memória dedicada, qualquer tipo de trabalho 3D não é favorável neste portátil, tendo apenas cerca de 100MBs de VRAM. Mas se é apenas com 2D que trabalham, de certeza que não vos vai falhar… mais uma vez, é importante perceber o tipo de funções que vão querer fazer com um portátil antes de adquirir qualquer máquina. Isto é importante, principalmente, para terem a certeza que o computador escolhido corresponde, nas suas características, ao que precisam no vosso dia a dia. 

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

DTS: X Ultra sem colunas a acompanhar

Outro dos selling points do LG Gram é a tecnologia DTS: X Ultra, uma renderização de áudio 3D. Em papel parece que vamos ter uma experiência mais envolvente e cinemática, quando na verdade a qualidade de áudio das colunas do LG Gram deixam muito por desejar. Com baixos praticamente inexistentes, ao comparar com outros portáteis no mercado pelo mesmo preço, estas colunas não impressionam ninguém. Ao colocar um bom headset já passa a ser outra história se forem fãs de 3D surround. Basta fazer uma pesquisa rápida na barra do Windows, encontram o programa DTS: X ULTRA para controlarem o tipo de equalização que querem utilizar, tanto seja para filmes, música, ou videojogos.

gram 17Z90N DS 09 DTSX Ultra D

Por aqui a preferencia caiu no consumo de conteúdo com som cru tal como os designers de áudio o fizeram, mas estas opções existem para quem não tem um sistema de som ou headphones de alta fidelidade, e aí sim funciona muito bem, criando uma ilusão de espaço ainda mais envolvente, perfeito para a visualização de filmes e videojogos, ainda que com alguma distorção se estivermos a utilizar as colunas.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Não é feito para jogar 

Tendo apenas cerca de 100MBs de memória (virtual) dedicados na placa gráfica, não é dos melhores computadores para gaming. O aconselhado é correr os jogos no máximo dos máximos a 1080p para conseguir uma frame rate razoavelmente aceitável. Testámos alguns jogos e aqui estão os resultados:

  • Shadow of Mordor: 27-30 fps a 1080p, gráficos baixos
  • Quantum Break: 9-20 FPS a 720p, gráficos baixos
  • Grand Theft Auto V: 26-30 fps a 1080p, gráficos baixos

Bateria e Portas

Com uma Bateria de 80Wh, o LG Gram dura para o dia de trabalho e bastante mais, cerca de 17 horas, claro que sempre dependendo do seu uso. Por aqui, durante o período de testes, e após usarmos o portátil da LG para consumo multimédia, bem como para edição de som e imagem, constatamos que de facto a bateria consegue aguentar umas boas horas de trabalho, sendo que quando o foco foi unicamente a navegação na internet acabamos por atingir perto de 17 horas… é impressionante como é que um portátil tão leve consegue proporcionar uma bateria com um tempo útil de utilização bastante aceitável. 

Quanto a portas disponíveis, isso é o que menos falta. 3 USB 3.1, 1 USB-C, 1 saída HDMI, e uma ranhura para cartão micro SD, torna-o ainda mais versátil do que já é. Só é uma pena não carregar a bateria através do USB-C, já sendo esse formato um standard. Mesmo assim, o carregador que vem com ele é pequeno e acaba por ser fácil de transportar… quem sabe numa futura atualização à linha consigamos ter carregamento através de USC-C. 

gram 17Z90N DS 07 Thunderbolt 3 D

Considerações finais

No geral é um computador bastante rápido e responsivo, ótimo para o consumo de multimédia, e bom para trabalhos de escritório e qualquer design gráfico 2D. Se gaming ou criação de qualquer tipo de conteúdo 3D for o foco, existem melhores opções no mercado, embora nada tão leve e com um ecrã tão grande quanto este. No fundo, o ponto forte deste é o facto de ser tão leve e tão fácil de transportar sem abdicar de 17” de ecrã e qualidade de imagem. 

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

patreon