A aposta que os estúdios da Mojang fizeram com a entrada da série Minecraft nos RPG de ação com Minecraft Dungeons trouxe um novo estilo aos fãs da arte pixelizada, que já acompanham um dos sandboxs mais populares e ricos do mercado dos videojogos.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Descartando a proposta original de Minecraft, sem ignorar visuais e pequeníssimas referências ao universo da série principal, Minecraft Dungeons achegasse a títulos como Diablo, Grim Drawn ou Torchlight, sem exigir grande habilidade nem grandes preceitos no momento de personalizar, equipar aptidões, fórmulas de criação e mais uma série de coisas, que geralmente acontece em títulos de hack-and-slash ou dungeon crawler. Minecraft Dungeons quis dar uma perspetiva diferente, mais acessível a todos os jogadores, sejam eles veteranos ou estreantes, e de uma maneira geral consegui-o.

Abertura de todo o conteúdo embutido

Disponível desde o seu lançamento original, Minecraft Dungeons: Hero Edition, que incluía ao jogo base – uma atualização, duas skins, uma galinha que perseguia a personagem durante as jornadas, e ainda dois conjuntos de DLC, que só abririam mais tarde. A grande novidade neste momento o conteúdo para download, já está disponível, estreando no dia 8 de setembro, podendo ser desfrutado por todos os que adquiriam. O conteúdo que a Hero Edition traz, está, portanto, neste momento todo desbloqueado.

Embora tenha saído ligeiramente mais cedo em algumas plataformas devido a um lapso, Jungle Awakens ou – Despertar da selva, faz parte do novo conteúdo, oferecendo três novas missões num ambiente completamente verdejante, no meio das árvores e do mistério da selva mais tímida. Dentro de Jungle Awakens vão surgir novos inimigos, entre eles novos bosses e mais armas, armaduras e artefatos. Visualmente é bem apetrechado, e combina com o cuidado que houve nas missões originais.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Juntamente com Jungle Awakens, Creeping Winter ou – inverno arrepiante – traz também três novas missões, novos inimigos, materiais, armaduras, e outros utensílios, para além de batalhas e cenários incrivelmente animados. O tema tal como o nome diz, transporta o jogador para o frio, onde decorre uma autêntica tempestade gelada durante praticamente toda a partida.

Um bom conjunto para quem gosta ou queira experimentar o género

Se por um lado um dos aspectos negativos referidos na nossa análise consistia na ausência de níveis, Minecraft Dungeons: Hero Edition vem com o propósito de oferecer mais conteúdo a quem já se encontrava saturado de explorar e de insistir na oferta e na aleatoriedade de novos materiais nas mesmas zonas. Para além disso, quem ainda não comprou o jogo e que goste do género, terá aqui um bom conjunto, com materiais que embora sirvam unicamente para dar alguma estética à personagem, mas também conteúdo adicional que prolonga um pouco mais todo o conteúdo original do jogo.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Ambas as ilhas são extensas, bem personalizadas e com muito por explorar, tendo ainda imensas recompensas que podem atrair aqueles que só pensam em afundar-se na repetição, na destruição e no fortuito. Minecraft Dungeons: Hero Edition é também uma ótima oportunidade para os jogadores que nunca tiveram um contacto com o género hack-and-slash ou dungeon crawler, com elementos de RPG de ação, de se estrearem, pois a simplicidade e a forma como o progresso do jogo é feito é totalmente amigável a novos jogadores.

Análise Minecraft Dungeons

N.R.: A análise a Minecraft Dugeons – Hero Edition foi realizada numa PlayStation 4 com acesso a uma cópia do jogo, gentilmente cedida pela EcoPlay.

Sem mais artigos