Independentemente do gosto de cada um é um facto de que a Razer é uma das marcas mais conhecidas no mundo dos periféricos de gaming. Desde teclados de elevada qualidade, a ratos com uma elevada performance e, obviamente, o famoso tratamento Chroma, um sistema de luzes RGB com alta personalização.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

No mundo dos periféricos de gaming, um dos mais subvalorizados é o tapete de rato. Não é incomum alguns jogadores usarem um tapete comum de escritório ou até não usarem nenhum. Mas existem também aqueles que querem otimizar a performance do seu rato utilizando o material que irá proporcionar a melhor experiência e, além disso, que melhor combine com o resto do setup. E foi para esses jogadores que a marca criou o tapete de rato (e teclado) Razer Goliathus Extended Chroma.

Razer

GOLIATHUS EXTENDED CHROMA



Tamanho: Extended

Comprimento: 92 cm

Largura: 29.5 cm

Altura: 3 mm

Superfície: Suave com base antiderrapante

Cores disponíveis: Classic Black | Quartz Pink | Mercury White

Cores RGB: 16.8 Milhões

P.V.P.: € 59.99

Este Razer Goliathus Extended Chroma é a versão estendida do original Goliathus Chroma, medindo uns impressionantes 92 cm de comprimento por 29,5 cm de largura. Em comparação, o seu irmão mais pequeno já tem uns mais modestos 35,5 cm por 25,5 cm. De acordo com a Razer, a sua microtextura garante uma otimização para todas as sensibilidades e sensores de ratos, sejam eles laser ou óticos. Além disso, garante o equilíbrio entre deslize e atrito, permitindo que o jogador consiga tirar o melhor partido do seu rato nas suas sessões de jogo.

A parte inferior do Goliathus é mais parecida com borracha de forma a que o tapete adira sem problemas à mesa, evitando deslizes durante a sua utilização.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

À semelhança de uma grande parte dos produtos da Razer, o Goliathus foi construído com o tratamento Chroma em mente, tendo à sua volta um tubo capaz de emitir os 16.8 milhões de cores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um Verdadeiro Gigante

Ao receber o tapete para análise, a primeira coisa que nos chamou a atenção foi o seu tamanho. Com os seus 92 cm de comprimento, este tapete funcionará tanto tapete de rato como tapete de teclado, permitindo que o seu utilizador o ajuste de forma a aumentar ou diminuir a área disponível para o rato. No entanto, caso o teclado seja de formato compacto, é ainda possível ter espaço para um terceiro periférico.

O material do tapete é bastante flexível e com algum peso, garantindo que fica completamente esticado na mesa sem dificuldades. O lado inferior conta com um material semelhante a borracha para impedir que este deslize, sendo o lado superior feito de um material suave e agradável ao toque e que não nos apresentou qualquer problema com a utilização dos ratos. Sendo difícil de comparar o seu desempenho face a outros tapetes de gaming, é possível afirmar que o material é apropriado e de extrema qualidade para a sua utilização em jogos que necessitem de uma elevada precisão. A costura à volta do tapete é feita com um fio forte e de alta qualidade. No entanto, devido à sua rigidez, caso o jogador tenha de apoiar o seu braço firmemente no extremo do tapete, isto poderá provocar algum desconforto.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Existe uma pequena caixa de controlo, localizada no canto superior esquerdo do tapete, responsável pelo controlo Chroma, ligando-se ao computador através de um cabo USB. Contudo, apesar de ser algo que não irá incomodar a maioria dos seus utilizadores, existem dois pontos que poderiam ser melhorados. Um deles é o facto de não ser possível retirar o cabo, o que apesar de não ser algo que fosse ser utilizado muitas vezes, iria facilitar o seu eventual transporte. O segundo deve-se ao facto de não existir uma porta USB nessa caixa, o que poderia funcionar como um micro-hub de conveniência para o utilizador. Além disso, mitigaria o facto de ser necessário uma porta USB para alimentar o tapete.

Certamente o ponto mais apelativo deste produto é o facto de ter o tratamento Chroma, o sistema RGB característico da Razer. Contornando o tapete, existe um tubo que ilumina o seu perímetro. Quando conectado ao computador este começa a pulsar com as diferentes cores mas, no entanto, o seu verdadeiro potencial é revelado através do software Razer Synapse. Aqui é possível configurar diferentes comportamentos para o tapete, permitindo que este reaja aos diferentes “estímulos” do computador, como por exemplo, pulsar ao ritmo da música que esteja a tocar ou sincronizando-se com os efeitos ripple de um teclado Razer.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O único contra que pode ser apontado é o facto de não ser possível representar mais que uma cor em toda a extensão do tapete. Dado que o tubo limita-se simplesmente a propagar a cor emitida pela caixa de controlo, caso o utilizador pretendesse ter várias cores expostas ao mesmo tempo, tal não é possível. Mesmo assim, isso não retira nada à experiência Chroma.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Considerações Finais

Não há qualquer questão que os produtos da Razer tem um elevado nível de qualidade e o Goliathus Extended Chroma não é exceção. No entanto, isso não lhe retira as falhas associadas.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A linha rígida usada na costura poderá ser um ponto de desconforto o que, por muito leve que seja, acabará por estragar a experiência daqueles que tenham a necessidade de apoiar os braços na borda do tapete. Adicionalmente, o facto da sua implementação Chroma só permitir a representação de uma cor poderá ser considerado um elemento negativo para alguns. O facto de não ter a possibilidade de representar várias cores ao mesmo tempo, em toda a sua extensão, é algo que não beneficia o seu potencial estético.

Contudo, mesmo com esses pontos negativos, a experiência com o Goliathus é extremamente agradável e certamente irá ajudar muitos jogadores a atingir os níveis de performance que desejam. E mesmo com a sua limitação RGB, a sua performance Chroma continua a criar o incrível efeito a que estamos habituados.

Sem mais artigos