Uma vez LocoRoco, para sempre LocoRoco. O nome pode não ser dos mais populares no mundo do gaming, mas esta franquia sempre teve um lugar especial no coração da Sony Interactive Entertainment.

Em 2006 o mundo ficava a conhecer aquele que viria a ser um dos títulos mais originais lançados para a Playstation Portable, tendo chegado à Europa em junho desse ano. LocoRoco era um jogo de quebra-cabeças, dinâmico, divertido e com uma personalidade muito própria. Na altura a crítica especializada foi bastante favorável ao título exclusivo das consolas Sony, de tal forma que em 2008 chegava até nós uma nova aventura, LocoRoco 2, desta vez lançado para as duas consolas portáteis da Sony, a PSP e a Playstation Vita.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O que parecia uma saga abandonada recebeu este ano uma nova vida. Quase uma década depois o mundo de LocoRoco chegou ao universo HD  – em maio de 2017 era lançada uma versão do primeiro jogo para a mais recente geração de consolas Sony. Agora em dezembro o nosso amigável companheiro amarelo chega também ao universo 4K com a versão remasterizada de LocoRoco 2 a estar disponível em 3.840×2.160 píxeis quando jogado numa PlayStation 4 Pro.

A grande questão que se coloca é como resistiu LocoRoco 2 ao tempo e se é um daqueles exemplos de quanto mais velho, melhor.

Simples e eficaz 

A jogabilidade de LocoRoco 2 é bastante simples: L1 para inclinar o mundo para a esquerda, R1 para a direita e carregar em ambos os botões para saltar. Em alternativa podemos usar o sensor de movimento do comando também para inclinar o mundo ou para saltar. O outro botão do qual precisamos para jogar LocoRoco 2 é o ‘círculo’, para juntar ou separar os LocoRoco dependendo do que é necessário para ultrapassar cada um dos puzzles.

A nossa missão ao longo dos 25 níveis do jogo é derrotar os Moja Corps, um grupo de criaturas alienígenas que vieram para conquistar o nosso mundo com a ajuda de uma terrível canção que promete tirar a força vital de todos os seres vivos do planeta.

Ainda que a jogabilidade de LocoRoco 2 seja bastante simples, não pense que o jogo é só facilidades: existem algumas situações que requerem destreza, inteligência e muita, mas muita paciência. Por exemplo, nos momentos iniciais o nosso LocoRoco está a equilibrar-se em cima de um pinguim de forma a conseguir chegar a uma das bagas que nos permitem ganhar mais LocoRoco, mas dado que o pinguim está a nadar num lago, temos que esperar que a inclinação do mundo e do pinguim seja a ideal para conseguirmos saltar alto o suficiente para apanhar a baga e seguir viagem.

Mais à frente temos que saltar de ramo em ramo de forma a avançar no mapa ou ainda ser catapultados por uma especie de kiwi alienígena amarelo e azul, bastante útil num dos mini-jogos que iremos falar mais a frente.  Em ambos os casos temos que ter o ângulo correto, caso contrário só nos resta uma coisa… Repetir até conseguir.LocoRoco 2

 

Enquanto ajudamos LocoRoco a limpar o seu mundo dos terríveis Mojo, temos que recolher umas bagas vermelhas que vamos encontrando, o que nos vai garantir mais LocoRoco, essenciais para a resolução dos níveis. Temos ainda que recolher notas musicais que nos dão prémios e Pickories, uma fruta colorida carregada por insetos. Esta fruta funciona como a moeda do jogo e  vai permitir comprar objetos para a reconstrução da nossa casa e ainda participar em mini-jogos que vamos encontrar ao longo do jogo.

LocoRoco 2 Remastered tem, tal como a versão original, 25 níveis, que lhe deverão garantir entre quatro a cinco horas de jogo, algo que depende sempre do tempo que demorar em cada nível.

Para além dos níveis principais encontramos ainda seis minijogos ao longo de LocoRoco 2: os mais divertidos serão talvez o ‘Chuppa-Chuppa’, no qual temos de avançar no mapa com a ajuda do kiwi que referimos anteriormente, e também o ‘Nyokki NyoNyokki’, que tem um custo de 100 Pickories para ser jogado, mas que que nos dá dois minutos de pura diversão pura. Este minijogo assemelha-se em muito aos jogos da feira-popular onde temos que bater com um martelo em toupeiras que vão saindo em diferentes buracos.

Como é típico nos jogos de plataformas, ao longo da aventura vamos encontrando ambientes de jogo muito diversificados e em LocoRoco 2 isso não é diferente: tanto vamos jogar num ‘mundo’ gelado, como numa selva, como vamos passar também por um ambiente mais tropical. Em todos estes níveis a banda sonora que nos acompanha está desenhada de forma a deixar-nos focados no jogo e a criar uma ligação ao título original da consola portátil da Sony.

A trilha sonora é aliás um daqueles elementos que ajuda a dar personalidade a este jogo, assim como todos os pequenos sons relacionados com as personagens.

LocoRoco 2

A jogabilidade de LocoRoco 2 seria perfeita de tão fácil que é de entrar no ritmo, não fosse o caso do LocoRoco ser, por vezes, um pouco lento a assumir os comandos que lhe damos. Dei por mim algumas vezes a carregar repetidas vezes nas teclas para saltar ou mesmo a abanar o comando de um lado para o outro para tentar virar o mundo para o lado pretendido, mas nem sempre consegui à primeira.

Não é um elemento que estrague a jogabilidade, mas é um elemento que estranhamos de alguma forma sobretudo num jogo de plataformas.

Considerações finais

Para o caso de ter sido dono de uma das consolas portáteis da Sony, tem aqui uma boa oportunidade para relembrar um dos títulos mais ‘fofinhos’ alguma vez lançados  para a PSP e a Playstation Vita. Se nunca jogou LocoRoco 2, mas é fã de jogos de plataforma, então tem aqui o título ideal para se lançar à aventura. Acredito que não vai ficar desiludido. Mas atenção: a longevidade do jogo não é um dos seus fortes, portanto tenha este aspeto em consideração quando decidir se vai ou não comprar o jogo.

LocoRoco 2 é um daqueles títulos que pode ser jogado dos 8 aos 80, cheio de cor e de sons animados que vão conseguir chamar a atenção de miúdos e graúdos. O nosso herói amarelo pode ainda ser visto como uma excelente oportunidade para deixar os mais novos terem uma primeira interação com a consola da Sony. LocoRoco 2  é um jogo com controlos fáceis de aprender, bastante desafiante e que nos permite dar asas à imaginação.

Uma década depois e LocoRoco 2 continua quase inalterado, com grafismo renovado e com música mais cativante que nunca. Foi sem dúvida uma boa aposta da Sony para cativar os jogadores com alguns anos de casa e que se deixam levar por sentimentos de nostalgia.

N.R.: LocoRoco™ 2 Remastered foi analisado com uma cópia do jogo disponibilizada pela Sony Interactive Entertainment Portugal

Banner Patreon Future Behind

LocoRoco 2 Remastered
Controlos simplesEnredo divertido Banda Sonora
Controlo do LocoRoco com delay Impossível desligar controlo por movimento A única novidade é o 4K
8EM 10
Votação do Leitor 0 Votos
0.0
Sem mais artigos