Têm sido várias as tentativas de induzir as experiências que eram vividas nos salões de jogos na década de 1980 e 1990 nas consolas. Os anos vão passando, e os jogos conhecidos sobretudo pelas longas caminhadas de pontuações excêntricas não têm conseguido sobreviver bem ao teste do tempo, nem tão-pouco os estúdios têm conseguido dar o salto necessário para tornar o género novamente apelativo nos tempos que correm.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O estilo arcade sobreviveu sobretudo pela competitividade presente, em rodeios pelas máquinas mais fascinantes dotadas de luzes extravagantes, mas nos tempos que correm, tudo o que não envolve mais do que vários jogadores em simultâneo, acaba por se tornar resumido a nichos de jogadores, principalmente dos jogadores mais batidos no entretenimento eletrónico.

Umihara Kawase BaZooKa! – que se apresenta com um nome peculiar, é um jogo que busca as inspirações dos jogos clássicos de arcadas, vividos nos salões de jogos de há três décadas. Dotado de uma ação frenética e veloz, com variações de ritmo e, ao mesmo tempo, moderado pela forma como o jogador é conduzido a arranjar estratégias a todo o instante, o jogo vai crescendo e oferecendo cada vez mais desafio conforme os níveis vão avançando. O progresso é o clássico sentido em qualquer jogo de arcadas, altamente convidativo ao início e conforme a experiência vai avançando, vai exigindo cada vez mais perícia ao jogador.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Cada cenário vai sendo inundado por criaturas de todas as espécies, através hordas e hordas de inimigos que vão surgindo pelos quadros, e o jogador, com possibilidade de escolha entre 22 personagens diferentes, tem de se livrar da melhor forma de todos os bichos bizarros que vão aparecendo sem sofrer dano. Há várias combinações disponíveis para serem executadas, com habilidades especiais especificas de cada personagem, mas que devem ser utilizadas no momento certo para serem mais eficazes. A jogabilidade nem sempre é perfeita, notando-se por vezes alguma latência nos impulsos dos comandos, e mesmo as próprias mecânicas são hostis ao primeiro contacto, o que leva a que o jogador tenha de ter um processo de habitação com todos os mecanismos.

Visualmente Umihara Kawase BaZooKa! é um jogo pobre e pouco caprichado, mas totalmente enquadrado com o tipo de proposta a que se destina. É o clássico jogo de plataformas que desafia os jogadores a pontuarem o máximo que conseguirem, onde só números importam. No total estão disponíveis mais de 40 níveis, dentro dos quatro mundos para ser ultrapassados. Em termos de construção de níveis e de temas de cada cenário, há um evidente oscilo de qualidade, de criatividade, e de variedade de inimigos, contudo dentro do que é proposto é aceitável.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para quem não gosta de jogar sozinho, Umihara Kawase BaZooKa! oferece a possibilidade de jogar até quatro jogadores, quer offline ou online, o que dá ainda mais competição e loucura ao que se passa na tela. Para os jogadores mais competitivos, podem simplesmente lutar por uma classificação online que podem consultar a qualquer instante através de um painel que vai sendo atualizado com regularidade.

Considerações Finais

Umihara Kawase BaZooKa! é um simples jogo de ação clássico de salão de jogos, onde a luta pela pontuação é regra. Os seus valores de produção são baixos, mas o seu ritmo simples pode ser forte para quem vibrou nos períodos fortes dos jogos de arcadas.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Apesar de possuir uma jogabilidade um pouco hostil, e de nem sempre os mecanismos saírem com precisão, Umihara Kawase BaZooKa! prima pela desorganização e caos de cada cenário, fazendo com que cada partida em multijogador seja bastante mais divertida do que em jornadas a solo em busca por uma excêntrica pontuação pessoal.

nota 2

Clica na imagem para mais informação sobre as nossas classificações

+ Replica na perfeição a experiência de jogos de arcadas

+ Cada personagem possui as suas próprias habilidades

+ Modo online e multijogador

– Animações pobres

– Uma experiência que rapidamente cai na repetição

– Algumas imprecisões nos controlos

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

N.R.: A análise a Umihara Kawase BaZooKa! foi realizada numa Nintendo Switch com acesso a uma cópia do jogo, gentilmente disponibilizada pela PR Hound

Sem mais artigos