Um ano depois das redes móveis terem chegado aos relógios inteligentes da Apple, com o lançamento da Serie 4 do relógio inteligente da marca de Cupertino, a saga continua. O novo Apple Watch Series 4, mais leve, mais fino e com um ecrã de maiores dimensões vai continuar a ter duas versões, uma com GPS e outra, mais cara, com GPS e redes móveis. Tal como aconteceu com o Apple Watch Series 3, o modelo 4 vai chegar a Portugal mas apenas na versão GPS com preços a começar nos 439 euros, por isso, 60 euros mais caro que o preço de lançamento do Apple WatchSeries 3.

A grande novidade do Series 4 não é o seu design, mas sim algo que pode mudar a forma como vimos os cuidados de saúde. Para alem de detetar quedas e ativar uma chamada para o serviço de emergências caso seja necessário, os novos Apple Watch vão tornar possível fazer algo que até agora era exclusividade de hospitais e clínicas de saúde: Com o novo relógio Apple vai poder fazer um eletrocardiograma e guardar um relatório do mesmo em .pdf para poder partilhar com o seu médico. Fantástico não é?

Siga o Future BehindFacebook | Twitter | Instagram

Mas houve mais…

A outra apresentação da noite mostrou-nos os novos iPhones X(s), X(s) Max e X(r) que chegam com uma novidade: Dual SIM. No entanto esta novidade traz uma sensação agridoce para o mercado nacional pois, tal como nos relógios da marca, esta inovação é possível devido a inclusão da tecnologia eSIM nos novos telemóveis da marca da maca e em Portugal não existe nenhuma operadora que ofereça este serviço. Por isso, pelo menos por agora, os consumidores portugueses vão ter que continuar a esperar para poderem utilizar dois números diferentes no mesmo iPhone.

 

E os preços: 


iPhone X(r) – Modelo de entrada de gama, que traz o modo retrato para os telefones com apenas uma câmara e vem equipado com um LCD de 6.1″ com o mesmo design que o iPhone X. Disponível em 6 cores diferentes e com o mesmo processador que os topo de gama o preço começa nos 879 euros. 
iPhone X(s) – Disponível em três acabamentos diferentes e com um ecrã de 5.8″ o preço começa nos 1179 euros.

iPhone X(s) Max – Com um OLED de 6,5″, este e o maior ecrã alguma vez disponível num telefone Apple. No entanto o modelo Max acaba por ser mais pequeno que telemóveis como o iPhone 8 Plus. Com o preço a começar no 1279 euros este modelo apresenta as mesmas característica que o iPhone X(s):
Capacidade – 64Gb até 512Gb
Resistência a água, pó e salpicos – Classificação IP68 segundo a norma IEC 60529

Processador – Processador A12 Bionic com o Novo Neural Engane

Câmara:

Duas câmaras grande angular e teleobjetiva de 12 MP
Grande angular: abertura de ƒ/1,8
Teleobjetiva: abertura de ƒ/2,4
Zoom ótico a 2xzoom digital até 10x
Modo Retrato com efeito bokeh (fundo desfocado) avançado e Controlo da Profundidade

Siga o Future BehindFacebook | Twitter | Instagram
Nada foi dito sobre o carregador AirPower apresentado o ano passado mas ficamos a saber que a empresa se orgulha de ter dispositivos com durabilidade de alguns anos e que por isso o iOS 12, com lançamento marcado para dia 17 de setembro, estará disponível para os seguintes equipamentos:
Sem mais artigos