A rubrica AR World é patrocinada pela Next Reality, empresa especialista em Realidade Aumentada e Realidade Mista.

A realidade aumentada vai desempenhar um papel muito importante no entretenimento, nos videojogos e na educação. Estas já são algumas das áreas que se têm destacado na mais recente vaga de experiências de realidade aumentada potenciada por tecnologias como o ARKit da Apple.

Mas quando bem implementada, a realidade aumentada pode vir a ter uma influência significativa noutros segmentos de mercado – um deles é o da informação. Esta semana assistimos a movimentações interessantes neste sentido: o The New York Times publicou o seu primeiro grande trabalho com elementos interativos de realidade aumentada.

A publicação fez uma reportagem especial sobre os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 e ao longo do texto é possível encontrar quatro experiências AR que mostram alguns atletas e as suas modalidades com maior detalhe. Quem visitar o artigo a partir de um computador ou de um dispositivo Android também vai ver uma versão digital dos atletas, mas não vai ter acesso à experiência AR – essa só está disponível, por agora, em equipamentos iOS compatíveis com o ARKit e que tenha a aplicação do NYT instalada.

“O Times faz uma cobertura aos eventos mundiais mais apelativos da atualidade. E agora os nossos leitores podem ficar mais próximos destas histórias e dos seus intervenientes, desde um possível muro fronteiriço até à figura de um patinador num salto quádruplo. Eles podem compreender o tamanho, a forma e os detalhes dos objetos que estão no centro da nossa cobertura”, disse um dos editores assistentes, Steve Duenes, à publicação TechCrunch.

Esta semana também ficamos a saber que a BBC vai lançar uma nova série documental sobre as várias civilizações que já ocuparam o planeta e que vai ter uma aplicação de realidade aumentada como formato de apoio. A aplicação ainda não está disponível, mas foi desenvolvida em conjunto com 30 museus britânicos – vai dar aos utilizadores a possibilidade de terem à sua frente alguns artefactos e objetos que vão ser exibidos na série.

E, claro, pode sempre relembrar um artigo publicado pelo FUTURE BEHIND que também inclui uma experiência de realidade aumentada.

Parece-lhe interessante? Confira ainda as quatro sugestões de aplicações de realidade aumentada que temos para si.

Motion Stills

É sabido que a Google é outra empresa que tem grandes planos para o segmento da realidade aumentada, mas a tecnológica tem sido tímida na sua abordagem – as novidades vêm a conta-gotas. A mais recente foi integrada na aplicação Motion Stills, que permite aos utilizadores gravarem de forma simples pequenos vídeos.

Com a mais recente atualização, a Motion Stills permite incluir nesses vídeos alguns elementos de realidade aumentada, como uma galinha, um dinossauro e um extraterrestre, entre outros autocolantes.

Download: Android

Audi quattro coaster AR

Desde 2013 que a Audi tem apostado na realidade aumentada, sobretudo como uma ferramenta para promover os seus veículos. Mas com esta nova aplicação a marca alemã quer aproveitar os avanços tecnológicos que foram feitos na área nos últimos anos.

Com a aplicação Audi quattro coaster AR o utilizador pode construir o seu próprio percurso digital, colocar troços que correspondem a diferentes estações do ano e depois acompanhar de perto uma corrida feita por um carro da marca.

Download: iOS

REAL cARds

Com o Dia dos Namorados a aproximar-se, esta pode ser uma forma diferente de enviar uma mensagem à sua cara-metade. A aplicação REAL cARds quer substituir os típicos cartões que são enviados em ocasiões especiais por mensagens de realidade aumentada.

A aplicação tem opções de configuração que dão alguma liberdade criativa na criação das mensagens, para que não sejam iguais para todas as pessoas. Tendo sido lançada há pouco tempo é de esperar que ao longo do ano a aplicação venha a receber mais conteúdos direcionados para diferentes ocasiões.

Download: iOS

AR Dragon

Misture os conceitos do Tamagotchi e do filme Como Treinar o Teu Dragão e rapidamente percebe como funciona a aplicação AR Dragon. Na prática esta experiência vai colocá-lo responsável por cuidar, alimentar e brincar com um pequeno dragão, um amigo que rapidamente se vai tornar inseparável, pois pode colocá-lo em qualquer superfície horizontal.

O dragão também cresce e vai ser interessante ver essa evolução, pois quantos mais dias passarem mais ‘agarrado’ vai ficar a este amigo de quatro patas e duas asas. Os criadores da aplicação garantem que não há dois dragões iguais no mundo, portanto se conhecer mais alguém que jogue AR Dragon poderá comparar os respetivos animais de estimação.

Download: iOS

Sem mais artigos