A rubrica AR World é patrocinada pela Next Reality, empresa especialista em Realidade Aumentada e Realidade Mista.

Agora que a realidade aumentada já começou a viver nos nossos smartphones, através de uma grande variedade de aplicações, está na hora de a realidade aumentada também começar a mostrar o que vale a nível social. Para que isto possa acontecer há uma empresa que vai assumir um papel preponderante – o Facebook.

Já várias empresas exploraram a sobreposição de elementos digitais em elementos físicos nas redes sociais – o Snapchat e o MSQRD fizeram-no através de filtros que tinham como objetivo animar as fotografias dos utilizadores. O próprio Facebook já tem efeitos de realidade aumentada disponíveis na aplicação Messenger.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Mas dentro de algum tempo a presença da realidade aumentada nas redes sociais pode tornar-se muito mais significativa. O Facebook anunciou esta semana que a sua ferramenta para a criação de experiências de realidade aumentada, o AR Studio, está a partir de agora disponível para programadores de todo o mundo.

Ou seja, a tecnologia que o Facebook utiliza para dar vida a alguns filtros no Messenger vai poder ser explorada por programadores independentes, empresas e marcas. A partir do momento em que existem muitas pessoas a trabalhar numa mesma tecnologia, é garantido que vamos ver essa tecnologia aplicada numa grande variedade de situações.

Além de colocar ferramentas de desenvolvimento nas mãos de mais pessoas, os produtos que daí resultarem vão aumentar a partilha de elementos de realidade aumentada nas redes sociais, fazendo com que a tecnologia chegue a mais pessoas.

Quartz

Foi lançada apenas em 2012 e rapidamente conseguiu afirmar-se como uma marca de informação de qualidade. Cedo a publicação Quartz cultivou uma imagem de early adopter em novas tecnologias e desde então tem experimentado novos formatos de distribuição de notícias.

A realidade aumentada também já despertou a atenção dos estrategas da Quartz que decidiram atualizar a sua aplicação principal para suportar experiências AR. Dependendo da notícia em questão, o utilizador pode encontrar agora conteúdos de suporte em realidade aumentada que vão ajudar a perceber melhor aquele que é o elemento em destaque no artigo.

Download: iOS

TweetReality

Se no início do texto dissemos que a realidade aumentada vai ficar mais social, também é justo dizer que as redes sociais vão ficar mais aumentadas. A aplicação TweetReality é um vislumbre daquilo que um dia poderão ser as redes sociais quando integradas em equipamentos mais avançados de AR, como uns óculos por exemplo.

Através desta aplicação os utilizadores vão poder ver a sua conta de Twitter ser transportada para o mundo real, como se fosse um mural de post-its. Apesar de ainda ser um produto em desenvolvimento já é possível ler tweets, fazer pesquisas, mencionar utilizadores, visitar perfis e também visualizar imagens.

A aplicação já apresenta elementos interessantes de experiência de utilização e vale a pena notar que esta não é uma aplicação oficial do Twitter, mas sim o trabalho do programador Oscar Falmer.

Download: iOS

Mammoth Mini Golf AR

Para esta semana sugerimos um jogo que vai transformar a sua casa num percurso de golfe pré-histórico. Em Mammoth Mini Golf AR o objetivo é simples – colocar a bola no buraco no menor número de tacadas possível. A questão é que esta aplicação também tem alguns elementos de puzzle.

Em cada nível vamos encontrar criaturas pré-históricas que vão dificultar-nos as tacadas. Além de adicionarem um elemento extra de dificuldade, também são elementos que criam uma imagem de um jogo colorido e divertido em termos visuais.

Qual a vantagem de jogar golfe em realidade aumentada? Pode mexer-se livremente por cada nível e pode calcular ao mais ínfimo pormenor as suas tacadas.

Download: iOS

solAR – Explore Planets in AR

O que pensa da ideia de ter todo o Sistema Solar em sua casa? Com a aplicação solAR é possível. Esta é uma forma diferente de olhar, descobrir e perceber os planetas que giram em torno do Sol.

O utilizador pode escolher a opção de ver planeta a planeta ou também pode optar por algumas combinações, como ver o Sol, o planeta Terra e a Lua em simultâneo. Além do lado visual da aplicação, também existe um lado didático que nos dá curiosidades sobre cada um dos astros, como a distância que existe entre cada um deles.

solAR é uma aplicação recomendada para miúdos e graúdos.

Download: iOS

Sem mais artigos