A Asus apresentou oficialmente o Zenfone Zoom S no mercado português. Já está disponível em pré-venda, estará disponível em loja a partir da próxima segunda-feira, 5 de junho, e vai custar 500 euros. Este é um smartphone topo de gama que transpira ‘saúde’ no que à fotografia diz respeito. Mas antes de falarmos deste aspeto, queremos falar de um outro que nos parece bastante relevante.

A autonomia é um dos pontos mais criticados nos smartphones modernos. As baterias têm sofrido melhorias importantes, mas todas estas evoluções acabam por ser ‘consumidas’ pelas restantes melhorias técnicas que os dispositivos móveis recebem – que tanto pode ser um ecrã 4K HDR, como pode ser um processador rapidíssimo.




Com o Zenfone Zoom S a Asus conseguiu um feito impressionante: colocar uma bateria de 5.000 mAh num smartphone que tem apenas 7,9 milímetros de espessura. A marca promete uma autonomia de dois dias mesmo com uma utilização intensiva.

Sobre a autonomia não podemos ainda comentar, mas podemos colocar o potencial do Zenfone Zoom S em perspetiva com outros equipamentos. O novíssimo Samsung Galaxy S8 tem uma bateria de 3.000 mAh em oito milímetros de espessura. O iPhone 7 Plus tem uma bateria de 2.900 mAh em 7,3 milímetros. O LG G6 tem 3.330 mAh também em 7,9 milímetros e o Google Pixel XL tem 3.450 mAh em 8,5 milímetros.

Ou seja, mantendo o mesmo perfil delgado dos principais smartphones topo de gama do mercado, a Asus disponibiliza aos seus utilizadores uma bateria que chega a ser em alguns casos 60% maior. Não é um exemplo único no mercado – o Gionee M2017 tem uns impressionantes 7.000 mAh em 7,4 milímetros de espessura, mas além de não estar à venda em Portugal, o seu preço ronda os 1.200 euros.

Sem dúvida que ao nível da autonomia a Asus tem no Zenfone Zoom S uma proposta de valor bastante interessante para os utilizadores, sem que isso tenha um impacto negativo no seu aspeto. Afinal, estamos a falar da empresa que também conseguiu colocar uma placa gráfica GTX 1080 num computador portátil com 17 milímetros de espessura.

Mas é de facto na fotografia que a Asus tenta destacar-se com o Zenfone Zoom S, sendo que ao nível das especificações o smartphone ‘mete respeito’.

O Zenfone Zoom S vem equipado com um duplo sensor fotográfico. Um dos sensores tem 1/2.55’ de tamanho, 12 megapíxeis de resolução e está equipado com uma lente com abertura de f/1.7, um valor nada comum para aquilo que é possível encontrar em dispositivos móveis.

O segundo sensor tem 1/3.42’ de tamanho, também tem 12 megapíxeis de resolução, mas é acompanhado por uma lente de telefoto que garante um zoom ótico de 2,3x e uma abertura f/2.6.

No Asus Zenfone Zoom S os dois sensores foram concebidos para trabalhar em conjunto. O objetivo é fazer com que o utilizador tenha sempre a fotografia com o maior detalhe possível, com a maior riqueza de cores e também com a melhor capacidade de alcance.

No total o smartphone permite ao utilizador fazer um zoom de 12x – ainda que os resultados a este nível não sejam brilhantes, podem ajudar o utilizador a captar pormenores que de outra forma estariam fora de alcance. Em baixo um exemplo do poder deste zoom elevado ao máximo.

Não é só a ficha técnica que coloca este smartphone como um forte candidato a líder na área da fotografia. Por exemplo, os utilizadores podem gravar as fotos em modo RAW, isto é, sem qualquer compressão. O equipamento tem ainda um sistema de focagem com deteção por fases que contempla todos os pontos da imagem e um sistema de rastreamento de autofocus – mantém o foco num elemento, mesmo que este esteja em movimento.

O Zenfone Zoom S tem depois 20 modos especiais de captação de fotografia, como é o caso do modo retrato – recorrendo à informação captada pelos dois sensores, e aplicando depois um forte processamento de imagem, o equipamento recria um efeito de profundidade bastante interessante.

Asus Zenfone Zoom S

Numa outra demonstração também foi notória a grande capacidade de absorção de luz dos dois sensores – numa sala muito pouco iluminada o Zenfone Zoom S conseguiu captar uma fotografia bem iluminada de um ramo de flores que servia como motivo da imagem.

A folha de especificações está lá, os indicadores positivos também. Resta realizar um teste mais prolongado ao equipamento para perceber não só o que faz ao nível da fotografia, mas como se compara com os principais topos de gama do mercado.

Se as duas características já referidas – autonomia e fotografia – já ajudavam a justificar parte do preço, a Asus não quis que os restantes elementos do smartphone ficassem desprotegidos.

Asus Zenfone Zoom S

Ecrã: 5,2 polegadas
Painel: AMOLED
Resolução: 1.920x1.080 píxeis

Densidade de píxeis: 424 ppi

Processador: Snapdragon 625 octa-core [8x2,0 GHz]
Unidade gráfica: Adreno 506
Armazenamento: 64 GB
RAM: 4 GB
Sensor fotográfico: 12 megapíxeis + 12 megapíxeis
Qualidade do vídeo: 4K @24 fps

Sensor fotográfico frontal: 13 megapíxeis
Bateria: 5.000 mAh
Bateria removível: Não
USB: Tipo-C
Cartão microSD: Sim
Leitor de impressões digitais: Sim
Altura: 15,43 cm
Largura: 7,70 cm
Espessura: 0,79 cm
Peso: 170 gramas
Android: 6.0 'Marshmallow'


PREÇO: 499,99 euros 

Apesar de vir equipado ainda com a versão 6.0 do Android, a Asus já adiantou que o equipamento vai receber o Android 7.0 ‘Nougat’ em breve.