Há dois elementos que são centrais na aquisição de um novo smartphone: o seu aspeto e o seu valor. Muito dificilmente alguém comprará um smartphone, por muito bom que seja, se considerá-lo feio ou pouco apelativo. Da mesma forma que alguém dificilmente comprará um smartphone que está muito acima do seu poder de compra.

Existe depois uma grande variedade de motivos que levam um utilizador a escolher um dispositivo em detrimento de outro: pode ser a marca, a quantidade de memória RAM ou até o armazenamento.


Acontece que o mercado de smartphones já atingiu uma maturação tal que os preconceitos com as marcas são cada vez mais raros e as características técnicas são muito parecidas em dispositivos que partilham o mesmo nível de preço. Há no entanto um elemento que tem ganhado destaque nos últimos anos: a fotografia.

Tendo em conta esta realidade, a BQ tem duas novas propostas que vão merecer a consideração dos consumidores. Os novos Aquaris X e X Pro apresentam-se como uma clara melhoria relativamente aos dispositivos Aquaris X5 e X5 Plus, revelados no ano passado.

Veja também | Análise BQ Aquaris U Plus: Medidas certas

A trilogia preço-design-fotografia acaba por ser o grande suporte destes novos equipamentos. Já estivemos com os BQ Aquaris X e X Pro e podemos adiantar que têm um bom apelo visual, têm preços competitivos e mantêm a experiência Android pura que muitos utilizadores valorizam. A BQ promete ainda que estes serão os seus melhores dispositivos até à data no que diz respeito à fotografia.

BQ Aquaris X Pro

As duas versões do smartphone estão disponíveis em branco e em preto. #Crédito: Future Behind

“O objetivo é melhorar o que já tínhamos com os smartphones anteriores. A câmara fotográfica dá um salto de qualidade, mas há mais”, disse o diretor-geral da BQ, Rodrigo del Prado, num encontro com a imprensa, hoje, em Lisboa.

Estas são, lado a lado, as características dos BQ Aquaris X e X Pro.

BQ Aquaris X


Ecrã: 5,2 polegadas
Resolução: 1.920x1.080 píxeis

Densidade de píxeis: 423 ppi

Processador: Snapdragon 626 [8x2,2 GHz]
Unidade gráfica: Adreno 506
Armazenamento: 32 GB
RAM: 3 GB
Sensor fotográfico: 16 megapíxeis f/2.0
Sensor frontal: 8 megapíxeis f./2.0
Estabilizador de imagem: Sim
Vídeo: 4K @30fps
Bateria: 3.100 mAh
Bateria removível: Não
Carregamento wireless: Não
Carregamento rápido: Sim
USB: Tipo C
Suporte para cartão microSD: Sim
Leitor de impressões digitais: Sim
Altura: 14,65 cm
Largura: 7,27 cm
Espessura: 0,79 cm
Peso: 153 gramas
Android: 7.1.1 'Nougat'


PREÇO:  290 euros
[disponível em maio]

BQ Aquaris X Pro


Ecrã: 5,2 polegadas
Resolução: 1.920x1.080 píxeis

Densidade de píxeis: 423 ppi

Processador: Snapdragon 626 [8x2,2 GHz]
Unidade gráfica: Adreno 506
Armazenamento: 64 GB
RAM: 4 GB
Sensor fotográfico: 12 megapíxeis f/1.8
Sensor frontal: 8 megapíxeis f./2.0
Estabilizador de imagem: Sim
Vídeo: 4K @30fps
Bateria: 3.100 mAh
Bateria removível: Não
Carregamento wireless: Não
Carregamento rápido: Sim
USB: Tipo C
Suporte para cartão microSD: Sim
Leitor de impressões digitais: Sim
Altura: 14,65 cm
Largura: 7,27 cm
Espessura: 0,78 cm
Peso: 158 gramas
Android: 7.1.1 'Nougat'


PREÇO:  370 euros
[disponível em junho]

Os dispositivos partilham entre si a maior parte das características, mas há algumas diferenças que vale a pena salientar.

Em primeiro lugar o Aquaris X Pro tem melhores materiais de construção pois o smartphone na parte traseira está equipado com aquilo a que a marca espanhola chama de Cristal 3D – um material que dá um aspeto envidraçado ao smartphone e que o torna mais brilhante. Já o Aquaris X tem uma parte traseira feita em policarbonato que dá um aspeto baço às suas cores.

Veja também | Análise BQ Aquaris M8: Surpresa de final de ano

O Aquaris X Pro também tem, teoricamente, a melhor câmara fotográfica. Apesar de o sensor ter uma contagem de megapíxeis inferior ao Aquaris X, os píxeis que compõem a câmara fotográfica do X Pro são maiores e a lente garante uma maior entrada de luz. As diferenças, defendeu Rodrigo del Prado, vão ser acima de tudo notórias em ambientes de baixa luminosidade.

Aqui há um ponto que queremos destacar: apesar de termos tido um primeiro contacto com os BQ Aquaris X e X Pro, não foi possível testar o sensor fotográfico do X Pro. A BQ diz que ainda está a trabalhar para melhorar a experiência e os resultados finais que os utilizadores vão poder ter com esta câmara, pelo que preferiu não mostrar um resultado inacabado e que pode dar uma ideia errada do que estará para vir. Já a câmara do BQ Aquaris X deixou boas impressões, sobretudo pelos disparos rápidos e pela definição que as imagens apresentavam.

Além das melhorias feitas no hardware, a BQ também fez melhorias no software da fotografia: há estabilizador de imagem digital para os vídeos e sempre que o utilizador capta uma foto está na realidade a captar dez, sendo que o smartphone depois elimina os piores disparos e condensa os melhores numa única imagem. Aguardamos pela versão final do BQ Aquaris X Pro para colocarmos à prova todos estes elementos.

Os dois novos smartphones da marca espanhola vão chegar ao mercado já com Android 7.1.1 instalado de origem e Rodrigo del Prado disse que o Android ‘Nougat’ ficaria também disponível para os dispositivos móveis das linhas M, U e X.