O mercado da realidade virtual até pode ter os melhores dispositivos como os Gear VR, os Smart Talk VR, os Snapdragon VR820 ou os Alcatel Vision. Mas se não houver conteúdos para consumo, então os utilizadores vão acabar por perder parte do interesse no segmento.

Para resolver parte deste problema as marcas têm feito chegar ao mercado câmaras com capacidade de gravação em 360º. Mas a proposta das Alcatel 360 é diferente.



Em primeiro lugar pelo tamanho e pelo formato: uma tem o tamanho de um cartão de crédito, enquanto outra tem um formato arredondado e pouco maior do que uma moeda.

As Alcatel 360 não têm tecnologias de comunicação sem fios e nem sequer têm armazenamento ou bateria: ligam-se diretamente ao smartphone através da entrada microUSB e só assim é que funcionam.

Os dois modelos têm integrados dois sensores de imagem ‘olho de peixe’ com uma amplitude de gravação de 210º. As câmaras vão estrear no mercado ainda no final de 2016 e deverão custar perto de cem euros, escreve o Mashable.

Por agora as Alcatel 360 só vão ser compatíveis com os mais recentes smartphones da marca, como o Idol 4S, mas já foi confirmado que as câmaras também funcionarão com outros smartphones, através de uma aplicação móvel que será disponibilizada no futuro.