The Witcher cresceu de um RPG em 2007 para uma trilogia multi plataforma de grande sucesso, cuja parte final foi quase uma trilogia em si graças às excelentes expansões de Hearts of Stone e Blood and Wine. A CD Projekt vê oportunidades semelhantes para expandir o lançamento inicial de Cyberpunk 2077. O coordenador do projeto Alvin Liu disse à Prima Games que o jogo principal irá contar uma história completa, mas não será necessariamente o fim da mesma.

Siga o Future Behind: Facebook| Twitter| Instagram

“Estamos a falar de expansões que estamos a ponderar no futuro”, disse Liu. “Queremos ter certeza de que tudo está completo, mas também queremos construir mundos abertos. Eu sei que quando eu jogava The Witcher 3 e terminei tudo, eu ainda queria saber o que todos estavam a fazer. Acho que vamos ter muitas oportunidades assim para Cyberpunk 2077. ”

Liu expressou que CD Projekt não irá esconder nada do jogo base, dizendo que  Cyberpunk 2077 terá um “story arc muito satisfatório”, com ou sem as expansões.

Siga o Future Behind: Facebook| Twitter| Instagram

“Vocês vão ver personagens e o seu desenvolvimento ao longo do jogo. Iremos vê-los a passar por conflitos e resolver esses mesmos conflitos. Será um final muito gratificante”, disse. “Não estamos a esconder nenhum conteúdo, não iremos reter a história do futuro para tentar monetizar ou vender em partes ou algo do género assim. ”

Cyberpunk 2077 tem data prevista de lançamento para dia 16 de abril de 2020 para Playstation 4, Xbox One e Windows PC (Via Steam)

Sem mais artigos