No dia 17 de junho arranca oficialmente a página Cyberbullying.pt, uma nova presença online que vai abordar a questão das ameaças, dos comentários agressivos e das humilhações online. O projeto está a ser coordenado pelos três autores do livro Cyberbullying: Um Guia Para Pais e Educadores.

Atualmente a página funciona apenas como um site de promoção ao livro escrito por Luís Fernandes, Sónia Seixas e Tito de Morais. Mas depois da apresentação da obra no Porto passará a ser um portal de informação sobre o cyberbullying.

“O livro não é um ponto de chegada, é um ponto de partida”, disse Tito de Morais ontem na conferência de apresentação do livro. O criador do projeto Miúdos Seguros na .Net adiantou que o site vai ser “uma ferramenta que complementa o livro” e que será acompanhado de outras presenças online como perfis no Facebook, Twitter, Instagram e também um canal no YouTube.

“A ideia é que venha a ser um banco de recursos que está a ser diariamente atualizado e em que tudo o que seja novidade a nível mundial esteja lá presente”, explicou ao FUTURE BEHIND o psicólogo educacional Luís Fernandes.

O coautor do livro também revelou que o plano de sensibilização e luta contra o cyberbullying não vai ficar por aqui.

“Gostávamos que esta problemática tivesse uma visibilidade diferente. Aliás, um dos nossos objetivos é a criação de um plano nacional de prevenção e combate ao bullying e ao cyberbullying. É para isso que nós estamos a trabalhar. A introdução dos próprios currículos, a formação professores e de outros técnicos, a questão da temática do bullying e do cyberbullying de forma estruturada para que haja uma preparação diferente em termos de abordagem nestes casos”.

O lançamento do livro ontem, 21 de abril, foi também uma forma de assinalar o Dia Nacional de Sensibilização para o Cyberbullying.



Sem mais artigos