Animem-se os fãs de Cyberpunk 2077, a CD Projekt Red garantiu que o título não irá incluir microtransações. Em entrevista com o chefe do estúdio Krakow Studio da CD Projekt Red para a Gamespot, John Mamais, falou sobre vários tópicos ligados ao tão antecipado jogo, incluindo microtransações e planos pós-lançamento.

As microtransacções tornaram-se uma mecânica bastante controversa nos jogos modernos. Alguns jogadores podem ver as microtransações como uma forma de aumentar os lucros das editoras, enquanto outros podem vê-las como uma maneira de financiar futuras expansões de jogos.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A opinião que John Mamais, da CD Projekt Red, deixou sobre microtransações foi a seguinte:

“Acho que é uma má ideia fazer microtransações após o lançamento de um jogo. Parece que é muito rentável… Mas se ninguém gosta da ideia, por que é que faríamos algo assim, não vamos perder a boa vontade dos nossos clientes”.

Estas declarações mostram que a CD Projekt Red decidiu concentrar-se mais na satisfação dos jogadores do que na possibilidade de maiores lucros através de inúmeras transações no jogo que exigem dinheiro real.

Durante a entrevista, John Mamais sugeriu a possibilidade de DLCs grátis com grandes expansões para Cyberpunk 2077, semelhante ao que a CD Projekt Red fez com o The Witcher III: Wild Hunt. “Funcionou muito bem para The Witcher 3. Não vejo o porquê de não tentarmos o mesmo com  Cyberpunk 2077. Ainda não estamos a falar sobre isso, mas parece que esse será o caminho a seguir. ”

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Por enquanto, não está confirmado se será implementado em Cyberpunk 2077, no entanto, estas declarações parecem apoiar a possibilidade de DLCs gratuitos aparecerem após a data de lançamento.

Sabe-se também que Cyberpunk 2077 terá vertente multiplayer, no entanto esta forma de jogar não aparecerá no lançamento inicial do título.

Cyberpunk 2077 será lançado a 16 de abril de 2020 e estará disponível para Windows PC, Xbox One, Playstation 4 e Google Stadia.

Banner Patreon Future Behind

 

Sem mais artigos