palavra-passe | s. f.

pa·la·vra·-pas·se

substantivo feminino

[Informática] Sequência de caracteres alfanuméricos que permite o acesso a dados ou sistemas informáticos protegidos. = SENHA

Plural: palavras-passe ou palavras-passes.

É esta a definição de palavra-passe, ou password, no dicionário priberam para língua portuguesa. Se recuarmos no tempo conseguimos perceber perfeitamente que, desde que há registo, as coisas importantes para uma sociedade, ou mesmo para uma pessoa, sempre foram guardadas a 7 chaves. Os antigos egípcios tinham pirâmides cheias de armadilhas complexas para chegar ao local mais importante da construção e com o desenvolvimento da sociedade as coisas importantes passaram a ficar guardadas em cofres. Estamos em 2019, e grande parte da nossa informação esta guardada online ou em pequenos dispositivos que nos cabem no bolso, por isso se guardamos o nosso dinheiro no banco para que esteja seguro não será importante guardar a nossa valiosa informação de forma igualmente segura?

Existem várias formas de estar seguro online, desde já aceder a informação importante em redes publicas, não usar dispositivos públicos ou mesmo não usar a mesma password para todos os locais onde temos conta. Outro fator importante é a complexidade da palavra-passe, se (mais uma vez) não usamos o código 0000 para o nosso cartão multibanco porque usar uma palavra-passe ridícula (desculpem a expressão) como “password1234”?

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para nos ajudar estar mais seguros online, para além dos software antivírus existem aplicações que nos permitem criar passwords mais seguras ou mesmo guardar todas as nossas palavras-passe numa espécie de cofre digital. Umas dessas aplicações é a Dashlane, com escritório aberto em Lisboa desde 2018, a aplicação, no seu formato premium, oferece funcionalidades como VPN, um browser mais seguro ou mesmo uma forma de criar passwords seguras automaticamente. No FUTURE BEHIND estivemos a testar a aplicação para agora vos contar tudo sobre a mesma.

Achamos que a melhor forma de vos explicarmos como funciona a aplicação Dashlane e as suas melhores características bem como os pontos que podem ser melhorados é fazê-lo de forma separada para cada uma das funções da aplicação. Pelo meio vamos partilhando um pouco da conversa que tivemos com Ryan Merchant, senior manager da Dashlane.

Cofre – Aqui tal como o nome indica é onde podemos guardar todas as nossas palavras-passe de forma a manter as mesmas seguras. Tal como num cofre físico aqui podemos guardar também notas importantes (e mantê-las protegidas por password ou leitor biométrico do dispositivo que estejam a usar), como por exemplo o código do alarme do escritório ou a palavra-passe da rede Wi-Fi lá de casa. Podemos ainda guardar dados de pagamento, como contas PayPal ou mesmo os dados relativos a um cartão de débito ou crédito. A informação aqui guardada pode ainda ser usada para autopreencher aqueles formulários online que poucos gostam.

Lista de passwords – iOS

Por fim podemos guardar dados pessoais como endereços de correio electrónico ou mesmo moradas e números de telefone. Conseguimos também guardar informação relativa aos nossos documentos de identificação, para que estejam sempre à disposição… mesmo quando a carteira fica em casa.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Esta será a função mais básica da app Dashlane, mas não deixa de ser bastante interessante a forma como funciona. Os utilizadores iOS (testamos a aplicação num iPhone X) ao adicionarem uma nova password terão a possibilidade de adicionar essa mesma palavra-passe ao keychain.

A Dashlane abriu um novo escritório na Europa, desta vez na cidade de Lisboa. Com isso em mente falamos com Ryan Merchant e uma das primeiras perguntas que fizemos foi: Porquê Portugal? O Web Summit continuar em Lisboa ajudou, e estará Lisboa a transformar-se numa espécie de Silicon Valley?

RM – Lisboa tem uma combinação fantástica de talento, cultura e um entusiasmo crescente em volta do empreendedorismo. Estes factores são a razão pela qual a Dashlane e muitas outras tecnológicas estão a expandir a sua presença na cidade. No entanto, pensamos que a decisão do Web Summit em ficar em Lisboa por mais 10 anos reflete esse mesmo sentimento que temos sobre o facto de Portugal ser, e continuar a ser no futuro, um dos hubs tecnológicos de eleição.

Partilha de palavras-passe com contactos – Não é difícil de perceber qual o papel desta funcionalidade, com ela é possível partilhar palavras-passe com contactos, o único requisito é que os contactos sejam também utilizadores da aplicação. Este requisito é fácil de preencher, a Dashlane oferece também uma versão gratuita dos seus serviços, com menos funcionalidades mas que pode ser uma mais-valia para quem procura uma forma mais segura de guardar as palavras-passe. E não se esqueça, guardar passwords num bloco de notas é a mesma coisa que guardar dinheiro debaixo do colchão.

Perguntamos também, aos responsáveis da empresa, o que é que Portugal podia trazer a uma empresa como a Dashlane. A resposta foi bastante positiva, para Ryan Merchant Portugal oferece uma boa oportunidade de expandir a presença internacional. A Dashlane mostra-se ainda bastante entusiasmada com toda a motivação e talento dos funcionários portugueses. Já com 8 pessoas contratadas para os escritórios em Lisboa a empresa espera contratar entre 40 a 50 funcionários nos próximos 12 meses.

Monitorização da Dark Web –  Esta foi a funcionalidade que mais interesse nos despertou. Simples de usar e permite-nos saber se as nossas contas de e-mail alguma vez estiveram expostas a falhas de segurança o que pode fazer com que os nossos dados estejam a ser vendidos na Dark Web. O processo é bastante simples, basta colocar o endereço de correio electrónico que se pretende analisar e esperar para receber uma mensagem de confirmação em tal conta de email. Depois disto temos um relatório completo das falhas de segurança às quais já estivemos expostos e quais os passos a seguir.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

No nosso caso, ao analisarmos as contas de email de alguns colaboradores, conseguimos perceber que um deles tinha uma conta que já fora exposta a 5 falhas de segurança… nada de grave pois a Dashlane também nos informava que a password já tinha sido trocada depois dessa data e por isso a conta de e-mail estava segura.

VPN – iOS

VPN – Outra das vantagens da Dashlane é a disponibilização de um serviço de VPN. O porquê de querer isto? Simples, aquela rede que usa no metro ou no seu café favorito talvez não seja a mais segura. Pode não o ser devido ao facto de se tratar de uma rede aberta a todos os utilizadores ou simplesmente porque existe uma grande número de pessoas com conhecimento da password. Porque não estar protegido enquanto a usa? A rede VPN da Dashlane vai fazer isso mesmo, protegê-lo.

Dashlane browser – É isto mesmo, um browser que nos permite navegar por qualquer página online e utilizar as outras ferramentas da aplicação, como é o caso das passwords guardadas ou mesmo dos detalhes de pagamentos que temos guardados no cofre da Dashlane. Uma boa opção caso queira aquela camada extra de segurança enquanto está online.

Criador de palavras-passe – Quer uma palavra-passe segura mas não lhe apetece estar a criar novas chaves vezes sem conta? Esta solução é ideal, pode criar quantas passwords quiser. De 4 a 40 caracteres, com letras, números e símbolos. Depois de criar a password pode copiar essa mesma password e guardá-la na Dashlane. Neste último caso terá que preencher um formulário onde coloca os restantes dados de login para o site a que aquela password passará a dar acesso. Embora possamos copiar a password para utilizar fora da app, esta ferramenta foi a primeira que não nos permitiu adicionar ou atualizar a password no keychain do nosso dispositivo iOS, seria útil se o conseguíssemos fazer.

Password changer – Esta funcionalidade fez-nos sentir uma mistura de emoções: Começamos por nos sentir bastante contentes com a possibilidade de sem grande esforço conseguir mudar as nossas palavras passe de vários websites, simplesmente porque temos que as atualizar ou mesmo porque sabíamos que precisávamos de algo mais seguro. Depois desta sensação de alegria veio a desilusão, os websites compatíveis com a Dashlane são muitos mas grande parte pertence a serviços que não são oferecidos no nosso país e por isso o mais provável é que não tenha conta nos mesmos.

Esperamos que no futuro, com o crescimento do mercado nacional (que cresceu 20% quando comparado com o ano de 2017), mais serviços venham a ser compatíveis com a aplicação pois esta funcionalidade pode ser muito útil.

Dashboard – iOS

Conexão entre dispositivos – Como em grande parte das contas criadas hoje em dia, a informação que vai colocando no smartphone fica automaticamente disponível no seu computador também através da dashlane. Uma boa opção caso tenha dispositivos de ecossistemas diferentes. No nosso caso conseguimos aceder às passwords guardadas num iphone X através do Lenovo Legion Y720.

Inbox scan – Esta última funcionalidade da Dashlane permite-nos fazer uma análise às contas e mails presentes no dispositivo (sabemos que funciona com Outlook e Gmail mas que não funciona com iCloud). A referida análise vai dizer-nos quantas contas foram criadas com aquele endereço de correio eletrônico, a que categoria pertencem (negócios, compras, social ou mesmo área financeira) e quantas dessas contas são geralmente um alvo para hackers menos bem-intencionados.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para além deste relatório conseguimos ter acesso a todas as contas e guardar as mesmas no cofre da Dashlane para depois possamos adicionar a password e ter toda a nossa informação guardada de forma segura no mesmo local. Caso alguma destas contas seja num website compatível pode ainda mudar a password com a ferramenta que falamos anteriormente.

A Dashlane é uma aplicação útil, principalmente se quer uma camada extra de proteção quando está online. A aplicação em si é bastante fácil de utilizar, a única coisa que tem que saber são as suas passwords para que as possa adicionar à Dashlane. Caso seja utilizador iOS e esteja a pensar que uma aplicação para guardar passwords e dados de pagamento e algo inútil pois já tem serviços como o keychain ou a Apple Wallet é importante que pense de outra forma, isto porque no caso da Dashlane os serviços oferecidos são muito mais que um cofre para guardar informação, é um conjunto de funcionalidades que o farão ficar mais seguro enquanto faz compras online ou simplesmente enquanto vai á página do banco. Desde o VPN ao serviço de monitorização da dark e sem esquecer o Inbox Scan a Dashlane consegue fazer com que se sinta mais seguro no mundo online.

Caso queira as funcionalidades que descrevemos durante este artigo, entre outras, o custo associado é de 3.33 dólares americanos por mês (pago anualmente). Em adição ao serviço de VPN o número de passwords que pode guardar é ilimitado e ainda as pode consultar em diferentes dispositivos.

Se optar pelo serviço gratuito pode guardar até 50 passwords num único dispositivo e tem ainda acesso a preenchimento automático de formulários e meios de pagamento bem como alertas de segurança se algo de errado estiver a acontecer com as suas contas, tudo isto faz da Dashlane uma daquelas aplicações que deveriam ser obrigatórias em todos os smartphones, um must have!

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Já utiliza a Dashlane no seu dia-a-dia? Perfeito! Deixe-nos a sua opinião, qual a sua funcionalidade favorita e o que é que gostava de ver adicionado à aplicação.

N.R.: O acesso às funções premium da aplicação foi-nos cedido pela Dashlane com o único propósito de elaborar o presente artigo.

Sem mais artigos