Ripple Effect Studios

EA junta-se à Take Two Interactive na luta pela Codemasters

Reportado em primeira mão pela Sky News, a empresa Norte-Americana EA [Electronic Arts], detentora de franquias como Need for Speed ou Burnout, junta-se à Take Two Interactive na batalha para a aquisição da Codemasters, que por sua vez tem franquias como F1 (Jogo), DIRT, GRID e Project Cars.

A proposta inicial da Take Two Interactive num valor superior a 750 milhões de euros esperava-se até aqui que avançasse no primeiro trimestre de 2021, mas a agora possível proposta da EA vem, de alguma forma estragar a festa à empresa detentora de estúdios como a RockStar Games.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Segundo a informação publicada pela Sky News, a EA (que tem um valor de mercado muito superior à Take Two Interactive) prepara-se para tornar a proposta pública na segunda-feira dia 14 de dezembro, encontrando-se a trabalhar com o UBS (Union Bank of Switzerland) para formalizar a proposta.

A EA, empresa que detém um dos jogos que mais dinheiro consegue fazer todos os anos, falamos de FIFA, pode assim preparar-se para alargar o seu portefólio de títulos desportivos, em especial dentro do desporto automóvel com a aquisição da Codemasters. Não sendo ainda certo o valor da possível proposta da EA, ou até se a Take Two Interative vai responder a essa mesma proposta.

Atualização: A Electronic Arts já confirmou a aquisição da Codemasters. A realização do negócio deverá acontecer no primeiro trimestre de 2021 e espera-se que os valores rondem os 657 cêntimos (604 pence), pagos em dinheiro, por cada ação da Codemasters.

Gerhard Florin, Chairman da Codemasters, diz que a “EA e a Codemasters partilham a ambição de liderar a categoria de jogos de corridas” e ainda que a “Codemasters acredita que tirará benefícios do conhecimento, recursos e do tamanho da marca, tanto a nível global como especificamente no setor dos videojogos de corridas

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Do lado da EA, o CEO, Andrew Wilson, diz que “sempre admiraram o talento criativo e os jogos de qualidade trazidos pela Codemasters” e ainda que a EA “acreditas que existe uma excelente oportunidade para criar jogos de corridas inovadores”. Wilson acaba ao dizer que “com as vantagens da tecnologia da EA, bem como o alcance global, esta combinacao (entre EA e Codemasters) permitirá fazer crescer os franchise e lançar mais experiencias de corrida que venham a definir a indústria”.

Fonte – Business Wire

patreon

N.R.: Noticia atualizada no dia 14/12/2020 às 09:57 para incluir a confirmação por parte da Electronic Arts.