v_XnR2MzDAw

É a impressora 3D que promete dar que falar nos próximos tempos e apresenta quase todos os motivos para que assim seja: tem um design alternativo, uma construção premium, tem uma cabeça de impressão alimentada por quatro fontes, consegue fundir diferentes materiais e tem um preço que também a coloca à parte da maioria das impressoras 3D.

A PAM foi desenvolvida em França pela empresa Pollen AM. É uma impressora 3D que está direcionada para o segmento profissional e não tanto para os makers ou entusiastas da tecnologia. O preço ‘promocional’ de 8.000 euros – sem portes e sem IVA – ajuda a separar as águas. Depois do período promocional a Pollen AM vai pedir 16 mil euros por cada impressora.



Para tentar justificar este preço a tecnológica francesa criou uma impressora pouco comum. Começa logo pelo formato cilíndrico e pelos materiais de construção: existe madeira, vidro, um conjunto de braços metálicos e uma base de impressão redonda. A mistura destes elementos conferem-lhe um tom requintado e mesmo luxuoso.

Mas também no campo tecnológico a PAM tem características diferenciadoras. Apesar de ter uma uma única cabeça extrusora, através da qual saem os materiais para depósito, esta área é alimentada por quatro fontes distintas. Ou seja, a PAM suporta até quatro materiais de impressão sem que seja necessário trocar a sua fonte. Neste vídeo o executivo Cédric Michel explica um pouco a impressora.





Mais: a impressora 3D consegue fazer uma fusão entre diferentes materiais para conferir texturas alternativas às impressões a três dimensões. A nível de materiais a impressora usa pastilhas (pellets) de diferente origem – termoplásticos, silicone, outros compostos sintéticos – sendo também compatível com metais que possam ser moldados até à temperatura de 350º, explica o TechCrunch.

De acordo com a Pollen AM, a impressora 3D consegue ter uma resolução de impressão de 40 microns – a título comparativo as impressoras portuguesas Blocks One e Block Zero também conseguem a mesma resolução e a Beethefirst fica um pouco mais atrás, nos 50 microns.

Quanto à área de impressão, os objetos construídos na PAM podem ter até um diâmetro de 30 centímetros e uma altura igualmente de 30 centímetros. Ainda que seja um espaço generoso tendo em conta as impressoras 3D de consumo, pode acabar por ser um tamanho limitador sabendo que destina-se ao segmento profissional.

Por fim é de referir que a impressora francesa tem um sistema de autocalibração que dispensa o utilizador de fazer ajustes manuais na plataforma de impressão, o que à partida deve garantir a mesma qualidade de impressão em todas as peças.

Sem mais artigos