Nos últimos dias a pressão sobre a Samsung aumentou devido aos casos de smartphones de substituição que também tinham problemas nas baterias. O caso terá levado mesmo à decisão de parar a produção do smartphone. Até aqui a Samsung tinha sido parca nas palavras, mas agora a tecnológica sul-coreana voltou a fazer uma declaração pública.

Numa publicação no seu blogue a empresa pede a todos os parceiros a nível global que parem de vender e de substituir unidades do Galaxy Note 7.




Em baixo a declaração oficial da Samsung:

Estamos a trabalhar com organizações reguladoras relevantes para investigar os alegados casos recentes que envolvem o Galaxy Note 7. Porque a segurança dos consumidores continua a ser a nossa principal prioridade, a Samsung vai pedir a todos os operadores de telecomunicações e retalhistas a nível global que parem as vendas e as substituições do Galaxy Note 7 enquanto a investigação está a decorrer.

Continuamos comprometidos em trabalhar de forma diligente com as autoridades reguladoras apropriadas para tomarmos todos os passos necessários para resolver a situação. Os consumidores com um Galaxy Note 7 original ou um Galaxy Note 7 de substituição devem desligar o dispositivo e pará-lo de usar e tirar partido das soluções de remediação disponíveis”.

Recorda-se que neste último fim de semana três dos principais operadores de telecomunicações nos EUA decidiram por conta própria parar a venda do smartphone da Samsung.

O Samsung Galaxy Note 7 foi apresentado no dia 2 de agosto. Exatamente um mês depois a tecnológica asiática fazia uma chamada de todos os dispositivos a nível mundial para começar um processo de substituição. Várias dezenas de equipamentos foram afetados por um problema de fabrico que faz com que as baterias dos equipamentos comecem a arder.

O caso do Note 7 tem conhecido alguns avanços e recuos a nível mundial, o que tem colocado em causa a decisão da Samsung em manter a aposta no equipamento.

Em Portugal o equipamento nunca chegou a estar disponível nas lojas. No dia em que o Galaxy Note 7 ia estrear nos retalhistas e operadores foi o dia do recall global. Desde então o equipamento nunca mais esteve disponível.