Falta menos de um mês para o início da conferência mundial de programadores da Apple. A WWDC decorre entre os dias 13 e 16 de junho e talvez por isso é que a cada dia que passa surgem mais e mais rumores sobre os futuros planos da marca da maçã.

E se ontem terminou o prazo da consulta pública para a regulação dos drones em Portugal, no fim de semana em Espanha deu-se um caso que mostra bem a necessidade de criar legislação para esta área.

Estes são os temas da manhã de terça-feira.

Adeus passwords, olá confiança: No ano passado a Google apresentou o Project Abacus, um sistema que faz a autenticação do utilizador tendo por base elementos de contexto: localização, velocidade a que escreve no smartphone e reconhecimento de voz. Se o seu smartphone ‘confiar’ em si não vai pedir-lhe as palavras-passe.
Fonte: TechCrunch

Novo Macbook Pro a caminho: Ao que tudo indica a Apple vai finalmente apresentar uma nova versão do seu portátil mais poderoso. Será mais fino e leve, terá leitor de impressões digitais, vai ter portas USB-C e, a melhor parte, vai ter um ecrã OLED sensível ao toque para substituir as teclas de função, na parte superior. Dizem os rumores, claro.
Fonte: MacRumors

‘Unbreakable’ Stylus TG-Tracker: A Olympus é a mais recente tecnológica a entrar no segmento das câmaras de ação. A Stylus TG-Tracker tem uma lente com uma amplitude de 204º, grava vídeo em Ultra HD a 30 frames por segundo, tem um ecrã de 1,5 polegadas incorporado e sistema de estabilização de imagem. Pode ser submersa até 100 metros, cair de uma altitude de 7 metros, aguenta 100 Kg de pressão e funciona mesmo em temperaturas negativas.
Fonte: Engadget

Avião desvia-se de três drones: O caso aconteceu no passado sábado em Espanha: um avião da Lufthansa foi obrigado a desviar-se de três drones enquanto descia para fazer a aterragem na cidade de Bilbao. Os drones estariam a 900 metros de altura, quando o permitido são 120 metros.

Fonte: EiTB

Facebook em direto 24/7: A maior rede social do mundo criou uma ferramenta que permite fazer transmissões de vídeo 24 horas por dia, sete dias por semana. O Continuous Live Video tenta endereçar casos específicos – transmitir a vida num jardim zoológico por exemplo -, mas terá algumas ferramentas de privacidade, como limitar os países onde as transmissões estão disponíveis.
Fonte: TechCrunch



Sem mais artigos