Aquela que até aqui era uma característica reservada aos smartphones topo de gama vai estar a partir de amanhã, 4 de janeiro, disponível num equipamento de média gama. O Honor 6X é o novo dispositivo da submarca da Huawei e vai trazer bastante agressividade ao seu segmento de mercado.

Por 250 euros os utilizadores não vão levar para casa o melhor smartphone do mundo, mas levam um equipamento que apresenta um conjunto interessantes de especificações, sobretudo para o valor do dispositivo.




O Honor 6X tem um ecrã de 5,5 polegadas com resolução Full HD, tem um processador de média gama Kirin 655 com oito núcleos, tem 3GB de memória RAM, tem 32GB de armazenamento interno, tem leitor de impressões digitais e tem a versão 6.0.1 do sistema operativo Android – de acordo com o Ars Technica, a atualização para o Android 7.0 ‘Nougat’ chegará ainda em 2017.

Há ainda uma bateria de 3.340 mAh que deverá garantir dois dias de autonomia numa utilização normal.

Mas o elemento que destaca o Honor 6X de outros dispositivos no mesmo nível de preço é a inclusão de um duplo sensor fotográfico na parte traseira. O sensor principal tem 12 megapíxeis, enquanto o sensor secundário tem apenas dois megapíxeis.

Mesmo não garantindo a mesma qualidade fotográfica de um Honor 8, a verdade é que este conjunto de câmaras consegue, por exemplo, reproduzir um efeito semelhante ao bokeh que a Apple tanto promoveu quando lançou o iPhone 7 Plus com dois sensores fotográficos.

A partir de amanhã o equipamento fica disponível para compra nos seguintes países: Espanha, França, Alemanha, Itália, Países Baixos, Reino Unido, EUA, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Irão e Iraque. O Honor 6X ficará posteriormente disponível noutros mercados.

CES 2017 FUTURE BEHIND BANNER

Sem mais artigos