HP tem o portátil mais fino do mundo. E também um dos mais fora de série

Pegue no seu telemóvel e olhe bem para ele pois vai precisar para ter uma ideia de quão fino é o novo HP Spectre 13: são apenas 10,4 milímetros de espessura, isto é, pouco mais de um centímetro para um portátil que consegue manter especificações topo de gama.

Design arrojado, construção premium a tender para o luxuosa e especificações que o colocam num segmento de gama média-alta. É assim que a imprensa internacional está a descrever o novo portátil da Hewlett-Packard, o Spectre 13.

De olhar apenas para as imagens parece verdade que o equipamento tem um perfil muito fino e uma aparência que o colocam acima da maioria dos ultrabooks que já existem no mercado.

O corpo do equipamento é construído em fibra de carbono e alumínio, que pode ser escolhido em tom prateado ou cobreado. O teclado na base é mecânico, apresenta teclas espaçosas, retroiluminadas, e está ladeado por um sistema de som da Bang & Olufsen, marca com quem a HP tem uma parceria.

Diz quem esteve no evento de apresentação nos EUA que de todos os componentes técnicos aquele que mais fica abaixo das expectativas é o ecrã de 13,3 polegadas com uma resolução de 1.980 x 1.080 píxeis. Um patamar abaixo de equipamentos rivais como os 2.736 x 1.824 píxeis do Surface Pro 4, que apresenta um ecrã de 12 polegadas.

A integração de processadores Intel Core i5 e i7 vão colocá-lo bem acima do Macbook da Apple em termos de desempenho. Memória RAM de 8GB e armazenamento interno de 256 ou 512 GB em disco SDD completam as opções de configuração.hp-new-spectre-13-windows10 (5)hp-new-spectre-13-windows10 (4) Nos EUA o equipamento vai custar 1.169 dólares, o equivalente a 1.030 euros, na versão de entrada de gama. No mercado norte-americano as reservas começam no final de abril e as primeiras entregas estão agendadas para o final de maio.

Para conseguir incorporar processadores Intel Core i5 e i7 no portátil os engenheiros da HP desenvolveram aquilo a que chamam de sistema de arrefecimento hiperbárico. A forma como as ventoinhas, as condutas de ventilação e as saídas de ar estão projetadas cria um espaço pressurizado que permite um melhor arrefecimento geral do portátil.

Outro elemento em destaque é a bateria. A HP colocou dentro do portátil uma bateria fina, mas com uma grande área de armazenamento. Desta forma a segunda maior vendedora de computadores do mundo garante uma autonomia a rondar as nove horas.

Por fim há ainda a considerar no Spectre 13 a inclusão de três entradas USB-C, sendo que duas delas funcionam também como entradas Thunderbolt.

Sem mais artigos