Há marcas que posicionam-se claramente num segmento premium. Devido à qualidade dos seus produtos e ao seu legado, os preços dos produtos acabam por refletir esta maior exclusividade. Nos relógios é assim com a Rolex. Nos automóveis é assim com a Rolls Royce. No áudio é assim com a Bang & Olufsen. E na fotografia é assim com a Leica.

Qualidade de construção, engenharia topo de gama e requinte são alguns elementos associados aos equipamentos de fotografia da empresa alemã. A questão do reconhecimento e do posicionamento é tão importante que um dos elementos em destaque do Huawei P9 Plus é o duplo sensor fotográfico ‘coprojetado’ com a Leica.



Mas sobre esse smartphone já falámos. O ponto de interesse aqui é outro e por diferentes motivos. A Leica tem uma nova câmara fotográfica: chama-se Sofort, palavra alemã para imediato.

Esta não é uma câmara como as restantes que a icónica marca costuma apresentar. É a sua primeira câmara instantânea – semelhante no funcionamento às populares Polaroid. A Leica Sofort apresenta-se com um tamanho compacto, mas ainda assim não perde alguns traços de identidade da marca como os acabamentos em pele e o design minimalista.

A Leica Sofort vai estar disponível em três cores – branco, laranja e verde menta – e vai custar perto de 299 dólares, o equivalente a 265 euros.Leica SofortSim, leu bem: uma câmara da Leica que é acessível no preço se tivermos em conta quanto custam outros modelos da marca. Para ter uma ideia uma Leica T [compacta] pode custar perto de 1.500 euros e uma Leica Q [compacta] cerca de 4.000 euros.

Se sempre sonhou em ter uma Leica genuína, mas nunca teve condições financeiras para o fazer, esta pode ser a oportunidade.

A Sofort usa o formato de filme Instax-mini da Fujifilm para captar as imagens e a câmara capta dez imagens antes de necessitar de  uma recarga. As fotografias tanto podem ser captadas a cores como a preto e branco. A Leica também desenvolveu os seus próprios pacotes de filme que de acordo com o Engadget vão custar 14 euros – monocromático – e 12 euros – a cores.Leica SofortA marca alemã apesar de ter trabalhado na simplicidade de controlos e de ter dotado a câmara de modos da captura automáticos, vai permitir também que o utilizador controle manualmente as suas configurações para conseguir um resultado de acordo com as suas expectativas.

A câmara vem equipada com uma lente de 60 milímetros e uma abertura de f/12.7, o que deverá significar um desempenho mais fraco em ambientes de baixa luminosidade. O obturador é mecânico e varia entre as velocidades de disparo 1/8 e 1/400. Já o ISO máximo tem um valor de 800. A Sofort tem ainda um visor ótico e um espelho incorporado para que os utilizadores tenham uma referência para tirar selfies.

Pelas características e pelo formato, esta é uma câmara mais casual e tem como propósito substituir o smartphone na gravação de alguns momentos que possam vir a ser mais especiais para os utilizadores.

A Leica Sofort tem chegada ao mercado confirmada para o mês de novembro.