Durante 40 minutos a LG focou a apresentação do seu novo smartphone num único elemento: o ecrã. É como se esta fosse a única característica de relevo no LG G6 – não é, mas sem dúvida é aquela que mais se destaca.

O ecrã de 5,7 polegadas QHD+ integrado no LG G6 recebe a designação de FullVision Display – isto porque permite ter um painel de grandes dimensões no corpo de um smartphone que em condições normais apenas teria um ecrã de 5,2 polegadas. Ou seja, a LG apresentou um smartphone com um rácio de ecrã 11% superior sem prejudicar a ergonomia do equipamento.



Nas palavras da própria LG, o desenvolvimento do G6 foi screen centric, isto é, totalmente focado na componente da imagem. Além do formato diferenciador e do aspeto de 18:9, a característica mais interessante no ecrã do G6 é o facto de suportar tecnologia Dolby Vision.

O Dolby Vision é, atualmente, o standard de maior qualidade que existe na reprodução de conteúdos de vídeo. Quer isto dizer que o LG G6 consegue suportar filmes, séries e outros vídeos com HDR10, o que resulta numa reprodução mais realista das cores. Se está a associar a sigla HDR 10 à tecnologia que é implementada apenas em televisores topo de gama, está correto – por isso é que este LG G6 apresenta-se como um verdadeiro televisor de bolso.

É o primeiro smartphone do mundo a suportar este formato, mas talvez seja de esperar que em breve outros equipamentos se juntem a esta ‘causa’: foi revelado no evento da LG que tanto a Netflix como a Amazon vão começar a disponibilizar o stream de conteúdos Dolby Vision também para smartphones e não apenas para televisores.

Ainda que a apresentação tenha sido maioritariamente focada no ecrã, a LG deu destaque a outros elementos do seu novo smartphone. Um deles foi especialmente direcionado: o equipamento tem uma bateria de 3.300 mAh, mais 500 mAh do que no LG G5, e a tecnológica sul-coreana investiu algum tempo em explicar como a sua bateria é segura. Faz-lhe lembrar algum caso em particular?

Ficou também confirmado que em comparação com o LG G5, o novo modelo tem sensores fotográficos melhorados, não só na resolução da imagem, como na sua qualidade geral. O LG G6 também passa a ser o primeiro smartphone da gigante asiática a suportar zoom ótico, o que permite fazer uma aproximação nas fotografias sem que isso signifique uma perda significativa na qualidade da imagem.

LG G6

Ecrã: 5,7 polegadas
Painel: FullVision Display
Resolução:2.880x1.440 píxeis

Processador: Snapdragon 821 quad-core [2x2,35 GHz + 2x1,6 GHz]
Unidade gráfica: Adreno 530
Armazenamento: 32 GB
RAM: 4 GB
Sensor fotográfico: 13 megapíxeis f/1.8 + 13 megapíxeis f/2.4

Câmara frontal: 5 megapíxeis 
Qualidade do vídeo: 4K @30fps
Bateria: 3.300 mAh
USB: USB 3.1-C
Cartão microSD: Sim

Leitor de impressões digitais: Sim
Altura: 14,89 cm
Largura: 7,19 cm
Espessura: 0,79 cm
Peso: 163 gramas

Comunicações: Wi-Fi, 4G, NFC
Android: 7.0 'Nougat'


PREÇO: Por anunciar

Por fim destaca-se a construção em alumínio que o equipamento tem, assim como a integração de um painel de vidro na traseira do equipamento. O LG G6 é à prova de água e poeiras, seguindo a tendência de outros equipamentos topo de gama.

Ficou ainda confirmado que o LG G6 virá equipado com o Google Assistant, o novo assistente digital da gigante dos motores de busca. O Assistant só vai estar disponível em inglês e em alemão, com um executivo da Google a confirmar que ao longo do ano haverá suporte para novos idiomas.

Sobre o facto de este smartphone não seguir o conceito modular implementado no topo de gama de 2016, o LG G5, a tecnológica não deu grandes justificações. O presidente de comunicações móveis da LG, Juno Cho, apenas disse que as expectativas dos consumidores mudaram, que as necessidades evoluíram e que a empresa aprendeu muito ao longo do último ano.

Por revelar ficaram o preço e a data de chegada do LG G6. A notícia será atualizada se houver novas informações neste sentido.

Mobile World Congress 2017