Até um grande lorde das novas tecnologias pode ter os seus momentos de dissabores. Acordámos hoje com a notícia de que vários perfis do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, terão sido atacados. Há imagens que parecem comprovar de facto os ataques, mas a tecnológica ou o empreendedor nada disseram até ao momento. Isto para lembrar que no mundo online, mesmo sendo Zuckerberg, isso não significa estar a salvo de outras mentes ‘criativas’.

Este é o resumo das notícias da manhã de segunda-feira.

Aplicação web do Facebook vai perder o Messenger: Tal como fez nas suas aplicações dedicadas para os sistemas operativos Android e iOS, a rede social liderada por Mark Zuckerberg vai terminar o suporte ao Messenger como um serviço integrado. Quem aceder à aplicação web da rede social terá de ter o Messenger instalado para comunicar.
Fonte: TechCrunch

Perfis de Mark Zuckerberg pirateados: Por falar em Facebook, o seu diretor executivo viveu momentos menos felizes. Os seus perfis no Twitter, Pinterest e Instagram foram tomados de assalto por utilizadores indevidos. Suspeita-se que a fuga de passwords do LinkedIn possa justificar o sucedido, mas ainda não há comentário oficial sobre o assunto.
Fonte: Engadget

Segredo para cérebros de robôs pode estar nos caracóis: Um grupo de investigadores da Universidade de Sussex, no Reino Unido, descobriu que os caracóis só usam duas células quando querem comer: uma transmite a sensação de fome, a outra avalia a existência de comida à volta. O processo simples pode ser a chave para a criação de cérebros não complexos na área da robótica.
Fonte: Science Daily

Antigo diretor da NASA cria empresa de chips ‘neurais’: Daniel Goldin trabalha há uma década da KnuEdge, mas só agora é que está a mostrar a sua empresa ao mundo. O seu objetivo passa por criar processadores que sejam mais velozes, mas que ao mesmo tempo sejam competitivos na área do consumo energético. A empresa já gerou 20 milhões de dólares em receitas e garantiu um financiamento de 100 milhões de dólares.
Fonte: VentureBeat