Era uma situação que para algumas pessoas tornava-se difícil de compreender: todos os seus grandes rivais tinham um canal de venda online, mas a Media Markt não. Isso vai mudar em breve. A empresa está a reformular a estratégia em Portugal. Uma das novidades passa por incluir ecrãs táteis nas lojas para que os clientes possam realizar a compra online caso não exista stock do produto desejado na loja física, por exemplo.

Esta e outras novidades nesta quarta-feira. Boa leitura.

Crianças conectadas: Hoje celebra-se o Dia Mundial da Criança e a rádio TSF fez um trabalho sobre o uso que os mais novos dão às tecnologias. Miúdos que já vão sozinhos à Internet e que dizem gostar acima de tudo de ver vídeos e jogar. Mas também há quem critique, por exemplo, o acesso das crianças às redes sociais.
Fonte: TSF

Media Markt aposta no eCommerce: Ainda durante o verão a cadeia de retalho de informática, videojogos e eletrónica no geral vai apostar no comércio eletrónico, criando uma loja online onde será possível comprar os mesmos produtos que estão nas lojas físicas.
Fonte: Jornal de Negócios

Microsoft disponibiliza Windows Holographic: O sistema operativo criado para equipamentos de ‘realidade misturada’, aumentada e agora também virtual vai poder ser usado por parceiros externos para o desenvolvimento de novos equipamentos. A Microsoft transforma assim o Holographic em mais uma plataforma de computação abrangente.
Fonte: Engadget

AMD tem gráfica ‘low cost’ para realidade virtual: A Nvidia tem sido a fabricante de placas gráficas mais ativa no segmento de realidade virtual. Mas agora a rival AMD surge com uma proposta interessante: a Radeon RX480 vai custar 200 dólares, o equivalente a 180 euros.O anúncio foi feito na Computex 2016.
Fonte: PC World

Alex Coltuneac caça bugs para pagar a escola: Tem 19 anos e pode ser considerado como um prodígio da cibersegurança. Já encontrou falhas em serviços da Google, Facebook, Adobe, Yahoo, eBay e PayPal. Agora está atrás de uma falha no YouTube que vai garantir-lhe mais algum dinheiro. Uma reportagem que recomendamos ler.
Fonte: Wired