A data de chegada e o preço dos novos Surface Pro e Surface Laptop para o mercado português já eram conhecidos. Mas a Microsoft apresentou esta manhã algumas novidades relacionadas com a sua família de tablets e computadores.

O diretor de negócio de consumo da Microsoft Portugal, André Cardoso, revelou hoje que a empresa já vendeu mais de 100 mil Surface no mercado português. “A única coisa a dizer é que Portugal é provavelmente o melhor país [na Europa] em termos de performance do Surface”, disse já no final da conferência em declarações à imprensa.




“É uma marca que foi trabalhada e muito bem recebida pelos portugueses desde o início, acho que o trabalho que fizemos com a educação na altura do Surface RT foi muito interessante. Hoje em dia temos uma posição de destaque mesmo dentro da Europa em termos de resultados. (…) Mas Portugal destaca-se claramente pelo resultado que tem”, detalhou.

De acordo com valores da empresa de análise GfK, em dezembro de 2016 a linha de equipamentos Surface representou 20% das vendas de computadores premium, isto é, com valores acima dos 800 euros. Uma posição muito agradável tendo em conta que esta gama de dispositivos apenas surgiu em outubro de 2012.

André Cardoso Microsoft Portugal

André Cardoso na apresentação dos novos equipamentos Surface. #Crédito: Future Behind

Mas as novidades não ficaram por aqui. André Cardoso confirmou também que Portugal vai ainda receber os outros dois computadores da Microsoft: o portátil Book e o all-in-one Studio. Ambos estão igualmente direcionados para os utilizadores que procuram uma máquina premium.

“A família [Surface] vai ficar completa. Estamos a ultimar as datas de chegada desses dois produtos. (…) Estará para breve o anúncio de que vão chegar a Portugal”, confirmou.

Questionado sobre a chegada dos dois computadores ainda durante o ano de 2017, André Cardoso disse não poder ainda comprometer-se com uma data.

Sem mais artigos