A Mokacam é apresentada como a câmara Ultra HD mais pequena do mercado – um conceito discutível pois depende muito da forma como são feitas as medições, se incluem as capas protetoras ou se contam com a objetiva no somatório. Uma coisa é certa: com uma dimensão de 4,5×4,5×3 centímetros (Altura x Largura x Profundidade) é certamente uma das mais compactas.

Esta nova câmara capaz de fotografar e gravar vídeo foi concretizada com a ajuda do financiamento colaborativo conseguido no Indiegogo. Angariou mais de um milhão de dólares e apenas ‘derrapou’ um par de meses na data de entrega estipulada. As primeiras Mokacam já começaram a chegar às mãos dos seus apoiantes.



O sucesso no Indiegogo deve-se à boa relação qualidade-preço que a câmara promete: fotografias de 16 megapíxeis, vídeo que pode ir até ao Ultra HD a 15 frames por segundo e uma autonomia de gravação que pode chegar às três horas nesta resolução – se baixar para Full HD a 60 frames por segundo pode conseguir quatro horas de vídeo.

Tudo por um preço de 200 dólares, o equivalente a 180 euros. A Mokacam é uma alternativa às GoPro, mas com as características que apresenta é claramente mais barata. A câmara mais acessível da GoPro a fazer vídeo Ultra HD custa 430 euros, a Black Hero 4 Silver.

Curiosamente – ou estranhamente? – a Mokacam não disponibiliza no seu canal do YouTube qualquer amostra de vídeo em Ultra HD, pelo que partilhamos um exemplo de gravação em Full HD:

A Mokacam tem alguns ‘truques’ inteligentes do ponto de vista da utilização. A câmara tem incluídos dois ímanes que permitem fixá-la em qualquer superfície metálica. Dispensa por isso a utilização de acessórios em algumas situações e este modelo de fixação pode ser interessante para fazer vídeos time lapse. A Mokacam – empresa – também construiu um acessório de tamanho reduzido que acrescenta um ecrã rotativo em 270º na parte lateral e adiciona uma bateria extra ao equipamento.

O facto de a Mokacam ser modular, pois também permite adicionar uma bateria através da ligação magnética, ajuda-a a distanciar-se um pouco mais das restantes concorrentes câmaras de ação.

Existe ainda uma aplicação dedicada para iOS e Android que permite controlar a câmara à distância e também definir algumas das propriedades de gravação. Num exemplo mostrado num vídeo promocional do equipamento vê-se um utilizador a fazer o balanceamento de brancos através da app.Mokacam ícone

A Mokacam pesa apenas 79 gramas

Os interessados na Mokacam só podem conseguir uma neste momento através do Indiegogo, com a empresa a prometer que a ordem de chegada respeitará a mesma ordem de encomenda.

Ainda que seja um projeto nos seus tempos iniciais a Mokacam tem características e agressividade comercial suficiente para ajudar o Ultra HD a transformar-se no novo standard da produção de vídeo, sobretudo a nível amador.

Os smartphones também vão dar uma ajuda importante neste objetivo, mas a Mokacam posiciona-se no segmento das câmaras de ação: mesmo sem capa protetora é resistente à água por exemplo, mas com capa protetora pode ser submersa até 60 metros. Esta poderá ainda ser uma alternativa mais barata para todos os que estão a iniciar-se na filmagem com drones.

Sem mais artigos