As probabilidades de ter tido um ou de ter conhecido alguém que tivesse um são altas. Quase que é possível dizer que o Moto Razr V3 foi o iPhone da sua época. O equipamento da Motorola tornou-se um sucesso de escala global e vendeu em todo o mundo mais de 130 milhões de unidades.

Para a história fica o seu design com tampa, a espessura reduzida do equipamento e também a sua leveza. E porque ainda há algo de mágico no movimento de abrir e fechar a tampa de um telemóvel, o Moto Razr pode estar de volta.

É isso que dá a entender um vídeo teaser partilhado pela Motorola Mobility, empresa que agora faz parte do universo da chinesa Lenovo.

Android? Ecrã sensível ao toque? Leitor de impressões digitais? O que será que vamos encontrar na nova versão do telemóvel? São questões que receberão resposta no dia 9 de junho.

O mais que provável anúncio do regresso do Razr V3 acontece na mesma semana em que se soube que também a Nokia estará a preparar uma ‘ressurreição’.