Para muitos adultos de hoje o Nintendo GameBoy foi um dos seus grandes parceiros no passado. Ora para apanhar pokémons, ora para salvar a princesa Peach nos jogos de Super Mario, ora num estilo mais aventureiro como eram os títulos de Castlevania

Apelar ao saudosismo das pessoas é sempre uma estratégia eficaz para lhes conquistar a atenção pois envolve um laço emocional. Por isso é que ver o Smart Boy da Hyperskin na E3 2016 vai deixar muita gente feliz.

O Smart Boy é um acessório para smartphones Android que permite executar jogos do GameBoy original e também do GameBoy Color nos dispositivos móveis. Liga-se ao telemóvel através da porta USB e tem capacidade para ler os cartuchos originais.

O segredo está num alegado conversor-emulador que consegue transferir os dados do cartucho para o sistema operativo do equipamento. Alegado pois a Hyperkin ainda não tornou público o seu segredo.

O protótipo está funcional, com a publicação Neowin a dizer que ainda este ano, possivelmente em dezembro, o Smart Boy pode chegar ao mercado.

Real Smartboy footage! #pokemon #HyperkinE316

Publicado por Hyperkin em Terça-feira, 14 de Junho de 2016

Além do design muito semelhante ao do GameBoy original – e que poderá trazer problemas legais, já que a Nintendo não é muito favorável a cópias -, o Smart Boy permite utilizar botões físicos no smartphone tal como se estivesse a jogar na consola portátil da marca japonesa.

O mais curioso no projeto da HyperKin é o facto de o Smart Boy ter nascido como uma partida do dia das mentiras em abril do ano passado. Mas devido à resposta entusiástica que a empresa recebeu relativamente ao conceito decidiu desenvolvê-lo. Na altura foi pensado também para smartphones iOS, mas ao que tudo indica as restrições que existem no software da Apple não permitiram concretizar o projeto para os smartphones da marca da maçã.

smartboy-plano-original

A versão para programadores está disponível por 60 dólares e a HyperKin diz que dará uma parte dos direitos de vendas a todos os que ajudarem a melhorar o firmware do sistema.

Está na hora de ir buscar os cartuchos

Para conseguir jogar títulos do GameBoy no smartphone Android com este acessório vai precisar mesmo dos cartuchos originais – versões em software e piratas dos jogos não vão servir.

Mas para derreter totalmente o coração dos jogadores a HyperKin confirmou ao DailyDot que em dezembro será lançado uma nova versão do SupaBoy S: imagine este equipamento como uma PlayStation Vita que suporta cartuchos da Super Nintendo Entertainment System (SNES).

supaboy-primeira-versao

Primeira versão do SupaBoy

A diferença está acima de tudo no ecrã de maiores dimensões, apresentando-se agora com um painel de 4,5 polegadas. Um dos destaques do SupaBoy S é o facto de suportar dois comandos da antiga consola.

Também tem chegada prevista ao mercado para dezembro deste ano e o preço será de 90 dólares, o equivalente a 80 euros.