Nate Mitchel é um dos cofundadores da Oculus VR e atualmente é líder de produto na tecnológica norte-americana. Durante a Gamescom 2016 comentou o lançamento do ecossistema de realidade virtual Google Daydream, sobretudo na perspetiva em que vão surgir no mercado mais concorrentes aos Samsung Gear VR.

A Oculus VR tem sido parceira da Samsung no desenvolvimento deste acessório para os seus smartphones topo de gama, por isso a chegada de um concorrente forte ao mercado da realidade virtual mobile é sempre motivo de atenção para a Oculus.



“Penso que a verdadeira questão é como é que o Daydream vai competir com os Gear VR?”, salientou à publicação UploadVR, para depois acrescentar:

“Se olhar para investimento que fizemos com a Samsung, com os parceiros que desenvolveram os processadores para os smartphones, muita inovação aconteceu e a realidade é que nos podemos focar na construção de experiência de realidade virtual de grande qualidade neste dispositivo pois só temos alguns smartphones para suportar. Se olhar para o que a Google terá de fazer, vai ser muito, muito mais difícil”.

O cofundador da Oculus considera ainda que a Google terá dificuldade pois este vai ser o seu primeiro lançamento mais sério neste segmento e terá de lidar com a questão da fragmentação de equipamentos no futuro, algo que já assombra atualmente o ecossistema Android.

Quando confrontado com a possibilidade de a Samsung vir a ter um smartphone compatível com o ecossistema Daydream, Nate Mitchel prefere esperar para ver de que forma vai a tecnológica sul-coreana articular a presença nessa nova plataforma. No entanto prometeu novidades relacionadas com os Gear VR para a conferência Oculus Connect que se realiza em outubro.

Sem mais artigos