A Oculus fez um anúncio importante no evento Oculus Connect: a empresa desenvolveu uma nova tecnologia que lhe permitiu reduzir as especificações mínimas que um computador precisa de garantir para ser compatível com os Oculus Rift.

Até hoje estas eram as especificações mínimas e agora passam a ser as especificações recomendadas:

  • Placa gráfica Nvidia GTX 970 / AMD R9 290 equivalente ou superior
  • Processador Intel I5-4590 equivalente ou superior
  • 8GB de memória RAM ou superior
  • Porta HDMI 1.3
  • 3 entradas USB 3.0 e uma entrada USB 2.0
  • Windows 7 Service Pack 1 ou mais recente

A partir de hoje estes são os novos requisitos mínimos recomendados:

  • Placa gráfica Nvidia GTX 960
  • Processador Intel i3-6100 / AMD FX4350
  • 8GB de memória RAM ou superior
  • Porta HDMI 1.3
  • Uma entrada USB 3.0 e duas entradas USB 2.0
  • Windows 8 ou mais recente

Esta redução é possível graças a uma técnica desenvolvida pela Oculus chamada de Asynchronous Spacewarp. Na prática é uma técnica que consegue reduzir o número de frames por segundo de uma experiência de realidade virtual para 45 [o mínimo é 90], mas depois graças a um upscale digital é possível duplicar o número de frames novamente para os 90.

Mas como isto acontece a nível de software com a adição de frames sintéticos, nome dado pela Oculus aos frames ‘falsos’, então não existe tanta exigência de hardware.

Ao baixar a barreira tecnológica de compatibilidade com os Oculus Rift a empresa norte-americana está a tornar a realidade virtual acessível para mais pessoas, para mais dispositivos e está a baixar consideravelmente o preço mínimo das máquinas compatíveis.

Está também ao mesmo tempo a garantir uma certa vantagem relativamente aos HTC Vive: o dispositivo desenvolvido pela Valve e pela HTC além de ter o pacote básico mais caro, agora também vai obrigar a que os seus utilizadores procurem computadores mais caros do que os dos Oculus Rift.

Graças ao reajuste nas especificações recomendadas a partir de agora será possível comprar computadores compatíveis com os Oculus Rift a partir de 500 euros.