Durante o evento Google I/O 2015 a tecnológica revelou algumas iniciativas relacionadas com o segmento da realidade virtual. Um desses projetos tinha o nome de Expeditions e na prática era uma iniciativa direcionada para as escolas que permitia aos alunos fazerem visitas de estudo virtuais.

Nos EUA a iniciativa incluía dar às turmas dezenas de kits de realidade virtual Google Cardboard para que todos pudessem ter a mesma experiência em simultâneo. Mas o ‘núcleo duro’ desta experiência, a aplicação Expeditions, está agora disponível para todos, incluindo os utilizadores portugueses.



A aplicação está maioritariamente traduzida em português, o que ajudará escolas, pais e educadores a levar o projeto até aos mais novos. A aplicação tem uma dinâmica de ligação: a experiência só funciona na plenitude quando há um guia e quando há exploradores conectados.

Assim que tiver a excursão preparada poderá explorar estúdios de televisão, o fundo do mar, parques nacionais nos EUA, monumentos históricos no Reino Unido, jardins zoológicos, as cidades brasileiras Rio de Janeiro e São Paulo, o Monte Evereste ou até a África do Sul, entre outras localizações.

Existem dezenas de experiências disponíveis, o que explica-se pelo vasto número de produções imersivas que a Google já realizou para outros projetos como o Google Street View.

A tecnológica norte-americana cumpre assim a sua promessa de conseguir levar os mais novos até onde os autocarros das viagens escolares não podem ir.

Sem mais artigos