“Foi a partir da vossa reação no Twitter que tudo começou a desenrolar-se”. A frase é do diretor executivo da Bright Pixel, Celso Martinho, que disse nunca ter recebido tamanha reação a um tweet. E foi assim que explicou hoje à audiência do Pixels Camp como é que este evento começou a ganhar formato.




“Descobri várias coisas nos últimos seis meses, uma das quais foi que o karma existe. Tudo o que fazemos de bom no nosso passado – e também o que fazemos de mau – acaba por vir ter connosco e ajustar as contas naquele momento em que nós precisamos”.

“Felizmente acho que fiz coisas boas na vida, eu e a equipa com quem trabalhei, e tudo isso regressou e essa é uma grande razão pela qual conseguimos pôr de pé este evento e recuperar este formato em Portugal e que nós achamos que é muito importante”, explicou Celso Martinho para depois acrescentar:

“Esta é a primeira, espero eu de muitas, edições do Pixels Camp”.

Tivemos oportunidade de falar sobre o Pixels Camp quando foi anunciado oficialmente, mas a melhor forma de resumir o formato é dizer que é o maior evento de programação que existe em Portugal.

“O Pixels Camp é isto, não é? São três dias de loucura, de talento, de criatividade, de diversidade, ao serviço de tecnologias emergentes”, defendeu o CEO da Bright Pixel.

Durante os próximos três dias o LX Factory, em Lisboa, vai ser a casa de centenas de pessoas que vão viver, respirar e dormir sobre projetos de base tecnológica e não só. Na edição deste ano também vai haver um maior foco no empreendedorismo.

“É um híbrido entre uma vertente muito ligada aos conteúdos, que cada vez é mais forte, e um concurso de programação no qual vão ser avaliados no sábado. […] Estão connosco mil das pessoas mais talentosas de Portugal. O que é que pode correr mal? Nada”, brincou o CEO da Bright Pixel.

1020 candidatos aprovados de quase 1500 candidaturas, 86 talks e workshops, 131 speakers e 8 grandes desafios

Os interessados poderão acompanhar o Pixels Camp através do canal de YouTube do evento onde será feita uma transmissão que prestará atenção a diversos momentos do evento: não só às palestras do palco principal, mas também haverá ‘tempo de antena’ para algumas das apresentações que serão feitas noutros palcos do Pixels Camp.

No último dia do evento, sábado, serão anunciados os grandes vencedores do concurso de programação.