Foram 1.020 candidatos aprovados de quase 1.500 candidaturas, 86 palestras e workshops, 131 oradores e oito grandes desafios. Estes foram os números que marcaram a primeira edição do Pixels Camp, um dos maiores eventos portugueses dedicados à tecnologia e à programação. Mas o que lá vai, lá vai e agora as atenções começam a virar-se para a segunda edição do evento.

A edição de 2017 do Pixels Camp já tem data confirmada: 28, 29 e 30 de setembro no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa. O evento preserva assim o seu formato de três dias, mas há uma alteração naquele que vai ser o ‘quartel-general’ dos programadores participantes – no ano passado a escolha recaiu sobre o LX Factory, também em Lisboa.




De acordo com a informação partilhada, o Pavilhão Carlos Lopes vai garantir “o dobro do espaço e da ambição”.

O anúncio da nova edição do Pixels Camp foi feito no Twitter, onde foi também adiantado que o registo para o evento, assim como a submissão de temas para palestras, estará disponível já no dia 1 de maio.

Na página oficial do Pixels Camp já surge uma imagem da nova localização do evento, sendo também dito que em breve serão reveladas mais informações. Pelo site ficamos igualmente a saber que a competição de programação de 48 horas estará de regresso.

Leia também | Pixels Camp: O (re)nascer da maior hackathon portuguesa

O Pixels Camp é uma iniciativa da Bright Pixel, uma nova entidade que tanto apoia a incubação de jovens empresas, como também tem uma vertente investimento financeiro. A Bright Pixel já conta com o apoio da Beta-i para a realização da nova edição do Pixels Camp.