Com a chegada de Pokémon Sun e Moon, o Pokédex atingiu as 802 criaturas diferentes. No entanto, das sete gerações já reveladas, só uma está disponível em Pokémon GO: a primeira, com os 151 Pokémon originais.

Ainda que nem todos destes 151 estejam disponíveis para apanhar (Articuno, Zapdos, Moltres, Mewtwo e Mew ainda estão ‘de fora’), e que o Ditto só no último mês tenha sido “descoberto pelo professor Willow”, alguns dos Pokémon da segunda geração chegaram durante o dia de ontem àquele que é um dos jogos sensação de 2016.

Pokémon GO

Pichu e Togepi são dois dos novos Pokémon. #Crédito: The Pokémon Company

Neste caso foram apenas os ‘bebés’. O anúncio oficial diz que “Pichu, Togepi e vários outros Pokémon” vão ser encontrados nos “ovos nas PokéStops que vão eclodir em Pokémon que podia encontrar originalmente nos jogos Pokémon Gold e Pokémon Silver”, lançados originalmente para o Game Boy em 1999.

Dos cem Pokémon da segunda geração, apenas oito estão já confirmados. A Niantic diz que irão ser lançados novas criaturas nos próximos meses.




Para apanhar estes novos Pokémon, os jogadores vão ter de… andar. Tal como acontece com qualquer ovo, o jogador não sabe que criatura irá eclodir, podendo, a partir de agora, nascer uma criatura de primeira ou de segunda geração.

De acordo com a Serebii, uma das enciclopédias online dedicada ao mundo Pokémon, Pichu, Cleffa e Igglybuff, que evoluem, respetivamente, para Pikachu, Clefairy e Jigglypuff, estão disponíveis nos ovos de dois quilómetros. Já o Togepi e o Togetic (a sua evolução) podem aparecer nos ovos de cinco quilómetros. Por fim, Smoochum, Elekid e Magby, que evoluem para os já conhecidos Jinx, Electabuzz e Magmar, respetivamente, apenas podem eclodir nos ovos de dez quilómetros. Ao que tudo indica, estes novos Pokémon não poderão ser apanhados nas ruas, exceto através dos ovos.

É de esperar que das criaturas que vão chegar nos próximos meses a Pokémon GO faça parte as restantes criaturas da segunda geração. Desse modo, poderá ser uma boa ideia começar a guardar ‘candies’, uma vez que muitas das criaturas da primeira geração recebem uma nova evolução na segunda geração.

Exemplo disso é o Eevee, que para além de Vaporeon, Jolteon e Flareon, poderá evoluir, também, para Umbreon, do tipo ‘Dark’, e Espeon, do tipo ‘Psychic’. O tão comum Zubat, que evolui para Golbat, terá uma última evolução: Crobat.

Na primeira geração, o Oddish evolui para Gloom, que por sua vez evolui para Vileplume. Na segunda geração, o Gloom tem a capacidade de evoluir, também, para Bellossom. De forma semelhante, o Poliwhirl, que evolui do Poliwag e evolui para Poliwrath, vai conseguir evoluir, para Politoed. Também o Slowpoke irá poder evoluir para Slowking a partir da segunda geração, assim como o Onix (para Steelix), o Scyther (para Scizor), o Porygon (para Porygon 2) e a Chansey (para Blissey). Por último, nesta geração aparece, também, o Tyrogue que pode evoluir para os já conhecidos Hitmonlee e Hitmonchan e para o novo Hitmontop.

Pokémon GO

Pikachu vai estar disponível com um gorro de Pai Natal. #Crédito: The Pokémon Company

Se na altura do Halloween a Niantic colocou várias criaturas em grande quantidade ‘nas ruas’, desta vez parece ser só um: Pikachu. A mascote do jogo é um dos que menos vezes aparece no jogo, mas, como presente de Natal, a Niantic quer dar aos jogadores a oportunidade de apanhar o conhecido pokémon até ao dia 29 de dezembro e com um easter egg: um chapéu de Pai Natal que, diz a empresa, quem o apanhar irá manter para sempre.

Uma das notícias mais importantes para o negócio Pokémon GO deu-se na última semana, depois da Sprint, uma operadora de telecomunicações norte-americana, anunciar uma parceria com a Niantic para que todas as lojas da operadora nos Estados Unidos se tornem em PokéStops ou em Ginásios. Isto significa mais 10.500 localizações novas no jogo e a primeira parceria do género nos Estados Unidos. Do mesmo modo, também a Starbucks criou uma parceria com a Niantic para que as suas 7.800 lojas nos Estados Unidos se tornem num local de paragem obrigatório para os amantes do jogo de realidade aumentada.

Sem mais artigos