Esta semana a Microsoft apresentou um novo equipamento, o Surface Laptop, e ao portátil não vai acontecer o mesmo que aconteceu ao Surface Book e ao Surface Studio. O Surface Laptop vai estar disponível em Portugal a partir do dia 15 de junho, de acordo com informação da equipa de suporte de vendas da empresa.

À semelhança do que tem feito nos últimos tempos – Surface Studio, Xbox One S, HoloLens -, a Microsoft voltou a dar um forte apelo visual ao seu novo produto. O vice-presidente da divisão de dispositivos, Panos Panay, fez questão de referir isso várias vezes ao longo da apresentação do Surface Laptop.




O cuidado com o pormenor é tal que não são visíveis parafusos, grelhas de som ou qualquer outra protuberância que não seja considerada como essencial para o funcionamento do portátil. Nem a típica dobradiça entre o ecrã e a base existe.

Além de manter a tendência de afirmação no design, a Microsoft criou o Surface Laptop para que este equipamento funcione como uma ‘montra’ para a nova versão do seu sistema operativo, o Windows 10 S e para completar a sua oferta em termos de dispositivos de computação.

Estes são os preços do Surface Laptop em Portugal:

– 128GB | Intel Core i5-7200U | Intel HD 620 | 4GB RAM – 1.169€
– 256GB | Intel Core i5-7200U | Intel HD 620 | 8GB RAM – 1.499€
– 256GB | Intel Core i7-7660U | Intel Iris Plus Graphics 640 | 8GB RAM – 1.829€
– 512GB | Intel Core i7-7660U | Intel Iris Plus Graphics 640 | 16GB RAM – 2.549€

As pré-vendas para o portátil já estão disponíveis no site da Microsoft e os interessados apenas conseguem garantir neste momento o Surface Laptop de cor platina.

Um dos grandes pontos de venda do Surface Laptop acaba por ser a sua capacidade de autonomia – de acordo com valores partilhados pela Microsoft, os utilizadores podem esperar 14 horas e meia de autonomia em reprodução de vídeo. O ecrã de 13,5 polegadas com uma resolução de 2.256×1.504 píxeis é outro dos elementos fortes no dispositivo.

Além do valor do computador em si, os interessados devem considerar que um investimento na Surface Pen vai custar mais 70 euros e que caso queiram fazer o upgrade do Windows 10 S para o Windows 10 Pro devem considerar outro investimento, que deverá rondar os 50 euros.

Sem mais artigos