apc8FWzAr8s

O eterno debate sobre periféricos como o Razer Taipan: será que vale mesmo os cem euros que a marca pede? Sim e não, depende tudo da utilização que lhe vai dar.

Como equipamento o Taipan é muito completo, ainda que não esteja enquadrado na categoria dos ratos topo de gama. Tem uma sensibilidade de 8.200 dpi, mais do que suficiente para as tarefas do quotidiano e para uma jogabilidade semi-profissional. Neste nível já é necessário ser muito preciso nos movimentos para aproveitar toda esta sensibilidade de ação.

Na lista de especificações consta ainda uma taxa de sincronização com o computador de 1.000Hz. Na prática isto significa que o rato está a comunicar ao computador a sua posição a cada milissegundo. Não conseguimos avaliar se estes valores são também eles ‘milimétricos’, mas podemos atestar que não há qualquer falha nem atraso no movimento do rato no ecrã.

Além destas duas características, a maior vantagem do Razer Taipan acaba por ser a sua simplicidade. Visualmente pode parecer um rato como tantos outros, mas só mexendo no periférico é que é possível sentir a diferença para os demais ratos de computador.

 

O design simétrico permite que seja usado de igual forma por dextros ou canhotos. Tem botões laterais e repousos iguais em cada um dos lados. No campo do design só não nos agradou o material de construção – o plástico parece consistente, mas ao mesmo tempo não transmite uma sensação correspondente ao seu preço.

A Razer pede 100 euros pelo equipamento e é aqui que podem acontecer divisões – pois sobre a qualidade geral do equipamento não há muito a apontar.

Pagar um valor destes por um rato é demasiado para a maioria das pessoas. Mas este também não é um acessório para a maioria das pessoas, é para jogadores: amadores ou até semi-profissionais. Quem joga vai extrair deste equipamento as suas principais características pelo que acaba por ser um investimento que a médio prazo tem retorno.

Para quem passa o dia todo a trabalhar em frente a um computador o conforto e a usabilidade também são valiosos. A questão é: alguma vez pensou que valia a pena investir nesse sentido? Se sim, tem aqui uma opção a considerar.

Não podemos deixar de dizer no entanto que por um mesmo valor e dentro da Razer é possível, por exemplo, comprar um Blackdiamond, que na nossa opinião é um rato mais interessante.

Estivesse a marca disposta a baixar um pouco o valor do equipamento e estaria mais próxima do bom equilíbrio entre a relação qualidade-preço.



Razer Taipan
SimplicidadeTotal de 9 botões personalizáveisBoa precisão
Pediam-se melhores materiais de construçãoPode ser estreito para mãos grandesPreço um pouco acima do ideal
7.3Em 10
Design e construção7
Ergonomia7
Precisão8
Tempo de resposta8
Personalização7
Feedback tátil7
Votação do Leitor 0 Votos
0.0
Sem mais artigos