Em janeiro de 1998 saía, ainda para computadores com Microsoft Windows e consolas da época, Resident Evil 2. O jogo da Capcom era o segundo na, agora emblemática, série de jogos de terror.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

11 anos depois está na hora de celebrar Resident Evil. Para tal a Capcom está a preparar-se para lançar, já no dia 25 de janeiro, um remake de Resident Evil 2 onde o motor gráfico é o mesmo de Resident Evil 7 e a câmera escolhida é over the sholder. O título estará disponível para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. Enquanto esperam podem fazer como nós e experimentar o demo que já se encontra disponível nas três plataformas. O demo tem meia hora, nem mais um minuto, e chega perfeitamente para apanhar um susto ou dois. Os que jogaram a velhinha versão de Resident Evil 2 para além de terem um susto ou dois garantidos, certamente terão um grande sentimento de nostalgia enquanto vagueiam pelas salas escuras da estação de polícia de Raccoon City.

Aqui fica a nossa experiência.

Este 1-Shot Demo de Resident Evil 2 começa com Leon S. Kennedy, agente da RPD, na estação de polícia. E qual a melhor forma de começar o novo trabalho senão com um apocalipse zoombie? O objectivo desta primeira missão passa por escapar, com vida, da estação de polícia… para isso Leon vai ter que sobreviver aos mortos-vivos que já se encontram um pouco por todo o edifício.

Não nos interessa, e muito menos a vocês, contar como e o que fazer durante esta meia hora. O mais provável é que tenham jogado o título original e caso não o tenham feito acreditamos que não querem spoilers. O que realmente me interessa é contar  como foi a minha noss experiência de 30 minutos com Resident Evil 2. Foi intensa e ainda conseguimos dar meio salto.


Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Maior parte do tempo deste demo é passado nos corredores escuros da estação de polícia, enquanto Leon procura por uma forma de sair da estação. Pelo caminho vamos encontrar zombies que entram pelas janelas, zombies pendurados no teto, zombies a tentar vandalizar uma máquina de vendas automáticas..- lá no fundo vamos encontrar zombies que nos querem para um midnight snack. A qualidade sonora e gráfica desta pequena experiência está fantástica, tanto na PlayStation 4 Pro como na versão para Windows PC, a qual experimentamos com auxílio de um Lenovo Legion Y720.

Mesmo nos, já referidos, corredores escuros os detalhes são incríveis, principalmente quando pensamos que não se trata do aspecto final do jogo e daqui até ao seu lançamento provavelmente será polido aqui e ali, para ficar ainda com um melhor aspeto. O suspense, como em todos os jogos da franquia, está lá… a cada passo que damos sentimos que podemos ser apanhados, a cada canto sentimos que um zombie pode estar do outro lado… pronto para nos dar uma trinca no pescoço.  É impossível passar por estes trinta minutos de forma relaxada, não dá, o coração vai acelerar, vamo-nos sentir nervosos, com algum medo… medo de dar mais um passo naqueles corredores… mas uma certeza fica. No fim vamos olhar para o calendário e reparar que ainda faltam alguns dias para o lançamento final de Resident Evil 2. Até lá vamos contar os dias. Vocês desse lado deixem-nos a vossa experiência na caixa de comentários.

Caso não tenham oportunidade de experimentar esta meia hora de Resident Evil 2 fiquem com 25 minutos da nossa experiência em Windows PC gravada no Lenovo Legion Y720. Dado que este demo é jogado online na sua totalidade, e não o fizemos com um cabo de rede acabamos por ter alguns momentos menos fluidos no jogo, algo que não acontece se a vossa conexão for estável.

Sem mais artigos