A Google era uma empresa de internet. Mas devido às ambições da tecnológica em áreas cada vez mais distintas, foi obrigada a reconverter-se em Alphabet. Um dos segmentos nos quais a Alphabet está a apostar é a área da saúde. Por exemplo, a gigante norte-americana ambiciona encontrar o humano com a saúde perfeita, usando para isso milhares de milhões de dados que ajudarão a combater diferentes doenças. Com os atrasos registados no projeto das lentes de contacto inteligentes, ficamos a saber um elemento: esta área é obviamente mais difícil de trabalhar do que desenvolver um software novo, mesmo para uma empresa com o portento da Alphabet. O simples facto de ser um produto que está sujeito a elementos biológicos, e que por isso podem ter uma resposta diferente de pessoa para pessoa, torna logo tudo mais difícil. Ainda assim, é bom ouvir que o projeto está a avançar e que um dia os diabéticos terão uma lente de contacto para controlar os níveis de açúcar no sangue.

Boa segunda-feira.

Hoje é oficializada a rede social de cientistas portugueses pelo mundo: A GPS é uma plataforma que permite saber onde estão e o que fazem alguns dos cientistas portugueses que estão espalhados pelo mundo. A rede social já está disponível, mas só será oficializada hoje num evento em Lisboa. A ideia surgiu na Fundação Francisco Manuel dos Santos, mas a sua realização contou com o apoio de várias entidades.
Fonte: Público




Symantec compra empresa de proteção contra roubo de identidade: A tecnológica responsável pelo antivírus Norton, um dos mais conhecidos no mundo, investiu 2,3 milhões de dólares na LifeLock. O objetivo é aumentar as competências de segurança informática do Norton, sendo objetivo evoluir a solução de uma suite de proteção para dispositivos para algo que proteja toda a vida digital dos utilizadores.
Fonte: Bloomberg

GoPro está a oferecer câmaras para compensar problemas com drone: A empresa norte-americana recolheu todas as unidades já distribuídas do drone Karma. Os consumidores tiveram direito a uma restituição dos fundos, mas a empresa está a ir mais longe: está também a oferecer câmaras Hero 5 para tentar compensar o inconveniente e talvez evitar que os consumidores avancem para a compra de outro equipamento de voo nos próximos tempos.
Fonte: Engadget

Lentes de contacto inteligentes da Alphabet não serão testadas este ano: O objetivo inicial apontava para os primeiros testes ainda em 2016, mas tanto a Alphabet como a empresa parceira Novartis estão a encontrar desafios técnicos que estão a atrasar o desenvolvimento. Recorda-se que as duas empresas estão a trabalhar em lentes de contacto inteligentes que têm tarefas distintas: a que foi agora adiada, faz uma focagem automática dos elementos que nos rodeiam; a outra fará uma monitorização dos níveis de açúcar no corpo. Nem a Alphabet, nem a Novartis, comprometem-se a avançar com uma data para os primeiros testes com humanos.
Fonte: Reuters

Ubisoft prepara mudanças na série Assassin’s Creed: Este ano não houve jogo da franquia pois o estúdio decidiu que uma pausa era necessária para repensar a série. Mas a Ubisoft já anda a falar sobre o novo Assassin’s Creed. Na prática a empresa pretende dar uma maior liberdade aos jogadores, não só na exploração do mundo aberto, mas na própria narrativa do jogo. O diretor criativo da empresa, Serge Hascoet, disse que o objetivo é criar mundos e personagens que sejam interessantes, deixando depois o desenrolar da história ao critério dos jogadores e não tanto por imposição do guião.
Fonte: Polygon

Sem mais artigos