A Apple é conhecida por garantir níveis de segurança acima da média nos seus sistemas operativos. Mas como nada é à prova de falhas, a marca da maçã decidiu pedir ajuda à comunidade de investigadores de segurança informática. Fê-lo mais tarde do que a Google, a Microsoft ou o Facebook, mas fê-lo. Numa altura em que o programa de caça ao bug da Apple está perto de celebrar um ano, a empresa tem um problema difícil de gerir – há quem ofereça muito mais pelas vulnerabilidades. O tema não é novo e quando escrevemos sobre a Zerodium e a Exodus percebemos que o dinheiro não é problema para estas empresas. É caso para dizer que o programa bug bountie da Apple tem ele próprio um bug por corrigir.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Google cria ferramenta que facilita criação de desenhos em realidade virtual: Chama-se Blocks e é uma experiência de realidade virtual que está disponível para HTC Vive e Oculus Rift. A ferramenta permite criar desenhos com um baixo número de polígonos, sendo que o objetivo principal é facilitar a criação de objetos 3D mesmo para quem nunca trabalhou em modelação tridimensional. As criações podem depois ser exportadas para uso noutras experiências de realidade virtual ou o utilizador pode simplesmente guardar uma imagem para mais tarde recordar. Neste site pode ver algumas das criações que já foram feitas.
Fonte: Engadget

Microsoft vai despedir milhares de funcionários após reestruturação: A tecnológica quer um maior foco na sua estratégia de cloud computing e como resultado milhares de funcionários serão despedidos. A Microsoft diz que a decisão vai afetar menos de 10% do número total dos trabalhadores da empresa – 121 mil em todo o mundo -, com algumas publicações a adiantarem que os despedimentos afetarão perto de 3.000 pessoas. As equipas de vendas serão as mais afetadas e 75% dos cortes serão feitos fora dos EUA.
Fonte: CNBC

RED vai criar um smartphone para videógrafos: A empresa que é conhecida por desenvolver câmaras que gravam vídeo de altíssima qualidade quer tentar a sua sorte no mundo dos smartphones. A RED diz que o Hydrogen One tem como público-alvo os criadores de vídeo em smartphone, mas a empresa parece estar a puxar o equipamento para um segmento ultra-premium – vai existir uma variante construída em titânio e o Hydrogen One vai ter um ecrã que produz efeitos holográficos. O preço começa nos 1.200 dólares e o dispositivo vai chegar no início de 2018.
Fonte: TechCrunch

Programa de caça ao bug da Apple está a atravessar dificuldades: Na prática as vulnerabilidades do iOS são tão raras que tornam-se ao mesmo tempo extremamente valiosas. Ou seja, há investigadores que mesmo encontrando as falhas, alegadamente não as reportam à Apple, pois preferem vendê-las a outras empresas. No mercado paralelo as empresas oferecem até 10 vezes mais dinheiro do que a própria Apple pelos bugs. Há também relatos de investigadores que não revelam as falhas para poderem continuar a procurar, a partir daí, novas vulnerabilidades.
Fonte: Motherboard

Falha no Instagram desativou perfis de vários utilizadores: Em diferentes plataformas sociais surgiram relatos de pessoas que viram os seus perfis pessoais ou empresariais serem desativados pelo Instagram. Depois de feito o log out, não conseguiam novamente entrar nas suas contas. A tecnológica já reconheceu que existe um problema, mas não revelou pormenores sobre quantas pessoas foram afetadas e quando todos os perfis vão estar novamente restaurados.
Fonte: The Verge

Neste dia, no ano passado, foi assimSamsung à boleia do Galaxy S7 e Snapchat agora permite criar álbuns privados de fotografias