O mercado dos wearables está em crescimento, mas o dos relógios inteligentes não. Esta é a conclusão que pode ser tirada dos últimos dados revelados pela IDC. O mais recente relatório da empresa de análise deixou uma sombra muito grande sobre o Apple Watch, dizendo que as vendas do wearable afundaram. A Reuters fez o seu trabalho e pediu um comentário à Apple. A tecnológica que não é muito dada a comentar números, desta vez fez um movimento no mínimo estranho. Foi o próprio diretor executivo, Tim Cook, quem respondeu por email. Conclusão? Aqueles números mexeram com a Apple e foi necessário vir a público fazer um contra-balanço de expectativas. E claro, Tim Cook disse que as vendas estão a ser fora de escala.

Boa terça-feira.

Volkswagen cria spin-off para veículos autónomos: O grupo Volkswagen tem uma nova marca que vai focar-se na mobilidade do futuro. A empresa, chamada Moia, vai estar encarregue de soluções de partilha de veículos e também de sistemas autónomos de condução. A Moia vai estar sediada em Berlim e é lá que se esperam que sejam feitos os primeiros testes da nova empresa.
Fonte: TechCrunch




Instrumental diz que problema do Note 7 foi um design agressivo: A Samsung conseguiu colocar a melhor tecnologia disponível dentro de um dispositivo que consegue ser mais pequeno que os seus diretos rivais. Mas isso terá tido uma consequência. A empresa Instrumental fez uma análise independente ao Galaxy Note 7 e acredita que o problema do smartphone estava no design. Na prática havia pouco espaço para a bateria, o que colocava pressão sobre este componente e causava um sobreaquecimento.
Fonte: The Next Web | Instrumental

Apple ‘espanta’ desconfiança sobre smartwatches dizendo que o Watch teve a sua melhor semana de sempre: Um relatório da IDC dá conta de uma quebra de 71% nas vendas do Apple Watch em comparação com igual período do ano passado. Os executivos da marca da maçã não terão gostado e decidiram mexer-se no sentido de afastarem qualquer crise no segmento. Na primeira semana de festividades nos EUA o Apple Watch teve a sua melhor semana de sempre, referiu o CEO Tim Cook. E este pode ser o melhor trimestre para o gadget, acrescentou.
Fonte: Reuters | IDC

Facebook está a questionar utilizadores sobre veracidade das notícias: A rede social foi abalada por duras críticas devido à propagação de notícias falsas na plataforma. O Facebook já prometeu algumas medidas, mas parece estar a ser mais pró-ativo. Alguns utilizadores foram questionados sobre a veracidade de alguns artigos que encontraram na plataforma social.
Fonte: The Verge




Netflix usa nova tecnologia de compressão para reduzir tamanho dos vídeos: A Netflix não precisa só de preocupar-se na criação dos conteúdos e no formato de consumo. A tecnológica também tem de trabalhar o próprio vídeo para que retenha o máximo de qualidade e consuma o menor tráfego possível. A adoção do standard VP9 da Google permitirá a alguns vídeos da Netflix manterem o mesmo detalhe e resolução, mas consumir até 36% menos de tráfego de internet.
Fonte: Engadget

Hoje é dia de The Last Guardian: Mais um jogo que esteve quase dez anos em desenvolvimento. The Last Guardian foi anunciado, mas passou por um período obscuro. Pensou-se mesmo que a Sony Interactive Entertainment teria desistido do título. Mas quem espera sempre alcança e hoje, 6 de dezembro, o muito aguardado jogo de Fumito Ueda chega oficialmente à PlayStation 4. Na Europa será apenas na próxima sexta-feira, 9 de dezembro. Ficam aqui algumas reviews.
Fonte: Destructroid | Gamespot | Kotaku