Mark Zuckerberg e Priscilla Chan já tinham dito que 99% da sua fortuna pessoal ia ser doada-investida para tornar o mundo num lugar melhor. Isso começa já este ano com um primeiro investimento de 600 milhões de dólares numa unidade de investigação chamada Biohub. O objetivo é que sejam estudados os princípios das doenças para que seja possível dar-lhes uma resposta adequada num curto espaço de tempo. O objetivo é que, dentro de cem anos, as doenças tenham um impacto muito menor no nível do número de mortes. Doenças cardíacas, neurológica, infecciosas e cancro são os ‘alvos’ a abater pela iniciativa Chan Zuckerberg.

Mozilla já tem finalistas para o seu novo logótipo: A organização responsável pelos software Firefox e Thunderbird tem estado à procura de uma nova imagem corporativa. O processo tem sido totalmente aberto à comunidade e agora estão escolhidos os quatros finalistas. A Mozilla diz que recebeu milhares de feedbacks, mas a ajuda não fica por aqui. Estas quatro ideias estão agora em fase de desenvolvimento e continua a ser necessário escolher qual o grande vencedor.
Fonte: Creative Review



YouTube quer transformar utilizadores da plataforma em moderadores: A secção de comentários é todo um universo próprio integrado no YouTube e a própria Google tem dificuldade em manter esta componente ordeira. Agora foi criado o programa YouTube Heroes que vai permitir aos utilizadores interessados inscreverem-se como moderadores. Não será possível apagar comentários logo de início pois esta iniciativa funciona como um jogo: será necessário ir subindo de nível para ganhar novos privilégios na plataforma.
Fonte: The Next Web

Chan Zuckerberg Initiative investe três mil milhões para acabar com todas as doenças do mundo: O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e a sua mulher, Priscilla Chan, declararam guerra às doenças. Para isso vão investir um total de três mil milhões de dólares para que seja possível combater de forma eficaz e rápida todas as doenças do mundo nos próximos cem anos. Os empreendedores sabem que não vão acabar com as doenças, mas querem melhorar a resposta que lhes é dada.
Fonte: The Verge

Apple estará interessada em comprar a startup Lit Motors: Primeiro surgiu o rumor de que a Apple estaria em conversações para comprar a Maclaren Technology Group, mas a empresa britânica foi rápida a desmentir os rumores. Há no entanto outra informação não confirmada ainda ‘de pé’: o interesse da Apple em comprar a Lit Motors. A Lit Motors é uma startup norte-americana que está a desenvolver motociclos que equilibram-se sozinhos. Ao que tudo indica a Apple já terá contratado vários engenheiros da startup.
Fonte: The New York Times




Web Summit vai ter escritório em Portugal e 66 startups portuguesas no evento: O diretor executivo do Web Summit, Paddy Cosgrave, esteve ontem em Lisboa para anunciar a abertura de um escritório em Lisboa. O irlandês considera que há muito talento em Portugal e que este é um passo lógico na expansão do evento dedicado a conferências de empreendedorismo e tecnologia. Também já são conhecidas as 66 startups que vão representar Portugal no evento que vai decorrer em novembro.
Fonte: Jornal de Negócios

NASA está à procura de ideias sobre como sobreviver em Marte: A agência espacial norte-americana lançou a iniciativa NASA iTech que procura a colaboração de todos no desenvolvimento de conceitos que vão ajudar a proteger a vida humana fora do planeta Terra. Neste momento a NASA pede um documento de cinco páginas onde seja detalhada uma ideia que: ajude a proteger contra a radiação; ajude no suporte da vida; tenha em conta a saúde dos astronautas; sistemas de propulsão para o espaço; e ferramentas de grande precisão para medir o efeito de estufa.
Fonte: Engadget

Sem mais artigos