Esta não é a primeira vez que uma empresa revela um caso em que smartphones novos já chegam às mãos dos utilizadores com malware instalado. Isto significa que este é um método que continua a ser ativamente explorado e que afeta smartphones de marcas de renome. Os 38 dispositivos encontrados neste estado estavam a ser vendidos por um grande operador de telecomunicações e por uma multinacional – não foram reveladas as identidades. O esquema agora desmascarado pela CheckPoint mostra que por muito cuidado que o utilizador possa ter, em alguns casos isso de nada vai adiantar. Foram até encontrados equipamentos cujo malware estava instalado com permissões de administrador, querendo isto dizer que só com a instalação de uma nova ROM é que o utilizador consegue livrar-se do malware. Este é um bom lembrete para todos os que ficaram surpreendidos com as capacidades de espionagem da CIA – se quiser estar mesmo seguro, o melhor é partir sempre do princípio que outras pessoas têm a capacidade de aceder ao seu dispositivo.

Boa segunda-feira.

Windows 10 também vai permitir experimentar aplicações antes de as instalar: A Microsoft chama-lhes Playable Ads e são demonstrações de aplicações que os utilizadores vão poder experimentar, sem a necessidade de instalarem efetivamente as apps. Estas demos serão enviadas para o computador via streaming e o utilizador terá três minutos para experimentar a aplicação, que tanto pode ser de produtividade como um videojogo. A Microsoft traz assim um conceito que a Google já começou a implementar no Android – no sistema operativo móvel esta funcionalidade é conhecida como Instant Apps.
Fonte: The Next Web




NASA encontra sonda lunar desaparecida desde 2009: O satélite indiano Chandrayaan-1 há muito que era dado como desaparecido, mas agora a NASA conseguiu encontrar a pequena sonda. A Chandrayaan-1 mantém-se na órbita lunar e foi descoberta graças a uma nova técnica de análise de objetos desenvolvido pela NASA. A agência espacial norte-americana acredita que poderá usar este sistema de radar para acompanhar futuras missões à Lua.
Fonte: NASA

Google cria ferramenta que ajuda a personalizar o smartphone: Em tempos, a personalização do Android foi um dos grandes factores de diferenciação relativamente ao iOS. Mas à medida que os dois ecossistemas foram ficando mais maduros, a questão da personalização acabou por perder um pouco de fulgor. Agora a Google criou a ferramenta MyTaste que ajuda o utilizador a dar um novo visual ao seu smartphone. Basta responder a um conjunto de questões que a tecnológica depois sugere três aspetos diferentes mediante o seu perfil.
Fonte: The Verge / MyTaste

Governo rebate críticas relativamente à morada única eletrónica: O Governo pretende criar um serviço que permite enviar todas as comunicações administrativas oriundas do Estado através de email. O objetivo é que as mensagens por email substituam o envio de cartas. A Comissão Nacional de Proteção de Dados levantou algumas reservas ao projeto e considerou que pode ser uma porta para vários crimes de burla informática. Agora a secretária de Estado da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, salienta que a adesão à morada única eletrónica será opcional e nunca obrigatória. Graça Fonseca diz que a segurança da plataforma estará assegurada, assim como um método que permitirá verificar a autenticidade dos emails recebidos.
Fonte: TSF

Smartphones novos chegam às mãos dos utilizadores já com malware: A Checkpoint encontrou 38 equipamentos com o sistema operativo Android que chegavam às mãos dos utilizadores já com malware pré-instalado. A investigação revelou que o malware era instalado algures entre o processo de fabrico e o momento em que chega à mão do primeiro comprador – retalhista ou operador. Entre os dispositivos afetados estão equipamentos das empresas Samsung, Google, Xiaomi, ZTE, Oppo, Vivo, Asus e Lenovo.
Fonte: TechTimes