A primeira F8 aconteceu há dez anos e na altura o diretor executivo da empresa, Mark Zuckerberg, revelou o Facebook Platform. Hoje poucos lembram-se deste anúncio, mas foi este Facebook Platform que permitiu a programadores e empresas criarem serviços externos que comunicassem diretamente com a rede social e os seus serviços satélites apresentados desde então. A F8 tem sido palco de grandes revelações – a demonstração de realidade virtual do ano passado foi genial -, mas este ano Mark Zuckerberg terá um desafio diferente. Se do ponto de vista do produto tudo corre bem ao Facebook, do ponto de vista dos conteúdos nem tanto. A temática das fake news e a questão da violência nos live streams terá de ser endereçada publicamente pelo CEO da rede social. Se nada disser sobre estes tópicos, Mark Zuckerberg corre o risco de que as omissões ganhem mais destaque do que as revelações.

 

Netflix vai atingir 100 milhões de utilizadores no próximo fim de semana: A empresa responsável pelo maior serviço de streaming de filmes e séries continua a crescer. De acordo com as expectativas dos executivos da Netflix, entre os dias 22 e 23 de abril a plataforma deverá atingir os 100 milhões de subscritores, naquele que será um marco histórico para a empresa. Durante a conferência com investidores soube-se também que a Netflix não descarta a hipótese dos seus filmes chegarem aos cinemas, mas sempre depois de terem estreado em formato online.
Fonte: Engadget




YouTube alarga opção para fazer diretos, mas ainda não é para todos: Em fevereiro a Google passou a permitir que os utilizadores pudessem fazer transmissões em direto a partir da aplicação do YouTube, mas só para utilizadores que tivessem dez mil subscritores. Este critério baixou significativamente e agora a Google permite que os live streams possam ser feitos por utilizadores que tenham pelo menos mil subscritores. Ainda não é um alargamento total e neste sentido o Facebook leva vantagem sobre o YouTube.
Fonte: TechCrunch

Intel vai deixar de realizar o seu grande evento de programadores: O Intel Developer Forum foi realizado durante 20 anos e nesse período de tempo foi uma das pontes de ligação entre a tecnológica e os programadores. Agora o evento vai ser ‘descontinuado’, sendo que o IDF 2017 já não vai ser realizado. A Intel diz que tendo em conta que já não é uma empresa inteiramente focada no PC o evento deixa de fazer sentido. A empresa vai agora explorar eventos mais pequenos e mais focados junto de comunidades específicas de programadores e parceiros.
Fonte: Anandtech

Samsung vai bloquear botão dedicado do Bixby: A tecnológica sul-coreana emitiu uma atualização de software que impede os utilizadores de mudarem o propósito do botão lateral criado para o assistente Bixby. Esta decisão é feita a poucos dias do Galaxy S8 chegar oficialmente ao mercado e revela que a Samsung não está disposta, nesta fase inicial, a abrir mão do espaço que criou para o seu assistente. Recorda-se que o Bixby também vai chegar ao mercado sem suporte para reconhecimento de comandos de voz.
Fonte: The Verge

Começa hoje a conferência de programadores do Facebook: A F8 tem sido palco de algumas revelações importantes por parte da rede social e espera-se que hoje não venha a ser diferente. A conferência de abertura e que contará com a presença de Mark Zuckerberg está marcada para as 18 horas de Lisboa. Espera-se que temas como a realidade virtual, inteligência artificial, Instagram e Facebook Messenger sejam o destaque do primeiro dia.
Fonte: Fast Company